quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Resenha - Um Beijo Inesquecível

Oi gente, tudo bem?

No post passado falei dos livros lidos no mês de janeiro e o último deles foi Um beijo Inesquecível, da Julia Quinn. Sim encerrei o primeiro mês do ano com chave de ouro. 

Não é segredo para vocês, leitores do blog, que eu sou uma eterna apaixonada por romances de época e que tenho um carinho especial pela família Bridgerton. Acho que Julia Quinn soube elaborar histórias de amor bonitas, com um toque de humor (e as vezes um pouco de drama) respeitando a personalidade de cada um dos Bridgertons. 

Já estou de coração partido porque a série está caminhando para o seu fim, Um beijo inesquecível é o sétimo de uma série de oito livros e agora estou mais ansiosa do que nunca pelo livro do Gregory.


O que diz a contracapa:

Um Beijo Inesquecível
"Toda a alta sociedade concorda que não existe ninguém parecido com Hyacinth Bridgerton. Cruelmente inteligente e inesperadamente franca, ela já está em sua quarta temporada na vida social da elite, mas não consegue se impressionar com nenhum pretendente. 



Num recital, Hyacinth conhece o belo e atraente Gareth St. Clair, neto de sua amiga Lady Danbury. Para sua surpresa, apesar da fama de libertino, ele é capaz de manter uma conversa adequada com ela e, às vezes, até deixá-la sem fala e com um frio na barriga.



Porém Hyacinth resiste à sedução do famoso conquistador. Para ela, cada palavra pronunciada por Gareth é um desafio que deve ser respondido à altura. Por isso, quando ele aparece na casa de Lady Danbury com um misterioso diário da avó italiana, ela resolve traduzir o texto, que pode conter segredos decisivos para o futuro dele.


Nessa tarefa, primeiro os dois se veem debatendo traduções, depois trocando confidências, até, por fim, quebrarem as regras sociais. E, ao passar o tempo juntos, eles vão descobrir que as respostas que buscam se encontram um no outro... e que não há nada de tão simples – e de tão complicado – quanto um beijo."


 Minhas impressões:

As vezes quando penso que os livros da Julia Quinn não podem melhorar eles melhoram. Na verdade, eu amo a sério Os Bridgertons, acho que cada livro tem o seu toque especial, sua particularidade, muito porque, os irmãos Bridgertons são muito diferentes uns dos outros. Mas, confesso que O Conde Enfeitiçado (livro da Francesca) não tinha me fisgado tanto quanto os outros e fiquei extremamente feliz ao perceber que o lançamento, Um Beijo Inesquecível, voltou a colocar a série entre as mehores da minha estante.

Hyacinth é a oitava filha de Edmund e Violet Bridgerton e sempre teve um temperamento único, era sincera e tinha a língua afiada. Apesar de ser bonita, ser uma Bridgerton (o que significava posição social e um bom dote) já não estava mais na sua primeira temporada e recebia cada vez menos pedidos de casamento. Ela não queria se casar com qualquer um e seu irmão mais velho (Anthony, o meu Bridgerton preferido) permitia que ela se desse ao luxo de escolher o marido.

A verdade é que não era qualquer um que estava páreo para a inteligência e perspicácia de Hyacinth, características que ela já demonstrava nos outros livros, quando aparecia como personagem secundário das histórias dos irmãos.

Gareth St. Clair é um conquistador (vai te conquistar também, acredite) que não pensava em casamento tão cedo, não tinha um bom relacionamento com o pai e guardava um segredo de família que o tirava do sério. Neto de Lady Danbury, ele tem completa devoção pela avó e faz tudo o que ela pede, inclusive comparecer a recitais e demais compromissos considerados por ele desinteressantes. Hyacinth, uma versão mais jovem de Lady Danbury, era muito ligada a avó de Gareth, estava sempre por perto e, inclusive, passava todas as tardes de terça-feira lendo para ela. Já sabemos onde isso vai dar, não é mesmo?


O livro é divertidíssimo e não poderia ser diferente. A personalidade de Hyacinth dita o ritmo da leitura e a mente de Gareth acompanha a da jovem Srta Bridgerton em seus comentários perspicazes, fazendo com que a dupla tenha uma química única.

Lady Danbury é um divertimento à parte e fico feliz que Julia Quinn tenha dado mais espaço à personagem neste sétimo livro. Ela sempre aparece nos livros anteriores em um ou outro baile ou evento, destilando seus comentários (bem parecidos com os de Hyacinth) para quem estivesse por perto. Dessa vez podemos contar com uma participação maior e conhecê-la um pouco melhor.

O diário da avó de Gareth escrito em italiano trouxe um pouco de mistério ao enredo, mesmo que de leve. Eu fiquei curiosa para saber o que ela compartilhou naquelas páginas e ficava esperando ansiosa pelas traduções de Hyacinth, assim como Gareth.

Como todos os romances da série, encontramos as cenas mais sensuais mas não são muitas e são sutis, bem no modo Julia Quinn de escrever.

Ao final de uma história incrível, a autora nos brinda com um epílogo que me fez desejar que a série Os Bridgertons fosse eterna. Realmente é uma pena que ela esteja chegando ao fim, mas, vou continuar torcendo para que Julia Quinn decida falar mais sobre essa família tão querida, principalmente porque o seu novo livro (lançamento de março lá nos Estados Unidos) chamado Because of Miss Bridgerton vai falar um pouco da geração anterior, da irmã de Edmund. Quem sabe a autora não resolve falar de todos?! Não vai ser por falta de torcida!

Espero que gostem!

Até a próxima!

Com carinho,







Dados do Livro:

Nome: Um Beijo Inesquecível
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 272







22 comentários:

  1. Oi Mari, nossa que sinopse incrível esse livro já está na minha lista de leitura a muito tempo ele parece ser romântico e eu adoro historia que se passam em outra época e como sempre sua resenha está incrível bjs.

    ResponderExcluir
  2. Mari,amo romances de época e a família Bridgerton da querida Julia Quinn também,já li os três primeiros livros e quero dar continuidade a toda a série e com certeza conhecer a Hyacinth e o seu par Gareth.Também tenho o Anthony como meu personagem preferido da série.Amei saber da química única da dupla de protagonistas.Amo italiano,pois meu avô era italiano e esse detalhe me encantou.Seria maravilhoso continuar ouvindo falar dessa família.Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mari!
    Tenho uma única pergunta pra fazer: a capa faz jus ao livro?
    Em uma outra resenha que li, falaram que a Hyacinth era ruiva :o e, particularmente eu, fã de carteirinha da série, acho que a Julia Quinn não tiraria a marca Bridgerton de Hyacinth, até porque os livros anteriores falam que todos os Bridgertons tem o cabelo castanho! kkk'
    Cara, eu amo essa série de todo o meu coração, ainda não tenho o livro em mãos, mas já dei uma bisbilhotada no primeiro capítulo que está disponível no site da arqueiro só porque meu coração não aguenta mais a seca! Estou quase relendo de tanta saudade da família! kk'
    Tenho um coração dividido entre meu livro favorito. Fico entre O Visconde que me Amava e Os Segredos de Colin Bridgerton. O primeiro citado me fez rir muito, muito mesmo! O Anthony e a Kate eram hilários. As cenas deles dois juntos, nossa! Em controvérsia, sempre gostei muito da Penelope e sou apaixonada pelo Colin. Adorei vê-los juntos e como eles ficaram juntos. Eu saquei no final de Um Perfeito Cavalheiro quem era a Lady Whistledown. Tenho o senso de dedução muito bom kkk'
    Enfim, estou louca pra ler o sétimo livro e realmente o coração dói ao saber que a série está chegando ao fim. Vamos esperar que a Julia Quinn realmente escreva mais sobre essa linda família! Adoraria conhecer mais sobre o pai Bridgerton e como ele e a Violet se conheceram! *-*
    Beijinhos <3

    ResponderExcluir
  4. Bom, como você, eu também adoro um romance de época e por esse motivo comecei a ler essa série, li O Duque e Eu e fiquei encantada com a história, ainda não li os outros livros por que não tenho, mas pretendo ler claro.
    Sua resenha está muito boa, pretendo ler esse livro em breve.

    ResponderExcluir
  5. Mari!
    Não tive oportunidade ainda de ler nenhum dos livros da série, embora deseje muito.
    Gosto dos romances de época e se tem diálogos hilários e podem me fazer, me atraem ainda mais.
    “Saber é compreendermos as coisas que mais nos convêm.” (Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Top Comentarista fevereiro, 4 livros e 3 ganhadores, participe!

    ResponderExcluir
  6. Mari, eu sou completamente apaixonada por esta serie de Julia Quinn. Os personagens são muito bem construídos, o romance é de tirar o fôlego e as riquezas de detalhes que ela traz nos livros, nos faz trasportar para suas histórias.
    Li somente os dois primeiros livros da serie e foi maravilhoso! E saber que mais uma obra não ficou nada a desejar, muito me alegra e aumenta minha curiosidade que antes já era enorme.
    Se lerei?! Com toda certeza! Sem falta! <3
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Romances de época é com certeza um gênero que preciso me dedicar mais, leio quase nada do tipo. Também tenho um certo problema com séries longas, mas ouço tanto da Julia Quinn que quero muito ler as obras da autora. Um beijo inesquecível parece ser o melhor da série, mas vou ler na ordem.

    ResponderExcluir
  8. Mari querida parabéns pela leitura e pela ótima resenha viu!!!
    Sou suspeita para falar porque adoro romances de época e a Júlia Quinn é a Diva das divas. Ela tem todo um jeito especial de escrever e envolver o leitor. Também estou com o coração na mão com a aproximação do fim da série.
    Amei a notícia desse lançamento do livro sobre os antepassados dos Bridgertons, não sabia. Torcendo para a arqueiro lançar ele também!!!
    Bom demais saber sua opinião sobre esse romances de época. Estou com ele aqui, pretendo ler e resenhar em fevereiro.
    Beijinhos!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  9. Hyacinth é uma fofa, gostei muito dela nos outros livros e estava ansiosa pra ver como seria o dela. Não decepciona né? E já dá aquela saudade quando chega nesse e termina e...caramba, só tem mais um! Li todos, são bons e quando você chegar no ultimo pode suspirar feliz e triste porque acabou e acabou bem demais. São muito gostosos de ler. Esse teve uma trama bem legal e viciante.
    Não sabia desse outro livro contando de outra geração, vou ficar atenta e ansiosa pra conferir também.

    ResponderExcluir
  10. OII
    Gosto muito de romances de época mas nunca li nada desta autora, apesar já ter visto muitos comentários de que a série é muito boa, gosto muito quando as mocinhas tem personalidade, quem sabe leia a serie quando a minha pilha de livros diminuir.

    ResponderExcluir
  11. Ultimamente tenho lido muitas resenhas dos livros da Julia, agora essa sua resenha me deixou ainda mais com vontade em ler toda obra. Você me convenceu! Vou caçar esse livro pra comprar, pois o romance de época é um gênero bem gostoso para leitura, creio que Os Bridgertons vão passar "voando" por meus olhos.

    ResponderExcluir
  12. Acho que eu sou a única garota nesse blog que não tem interesse nenhum nesses livros, né?
    Sempre escuto comentários entusiasmados de todos os leitores da série, mas acho que o fato dela ser tão longa meio que me desanima. (que minha irmã não leia esse comentário senão estou morta!).
    Pra falar a verdade romances de época nunca me apeteceram, mas se tiver que dar chance a algum será esse. Afinal tendo uma irmã tão fã da série, acabarei sendo obrigada a lê-la um dia.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Mari!!

    Eu adoro a Julia Quinn também!! Já li os seis livros da saga, mas ainda não comprei Um Beijo Inesquecível.

    Devo confessar porém que me desanimei com os irmãos a partir da história do Colin porque esperava muito mais e só fui me apaixonar completamente novamente com a Francesca.
    É a melhor história na minha opinião. Linda, humana e verdadeira. Acho que é a mais sofrida também, mas me encantou no âmago.

    Fico feliz por saber que o novo livro é tão bom quanto e já estou ansiosa para ler!
    Uma pena mesmo que essa série vai acabar, mas temos os novos lançamentos da autora para nos alegrar pelo menos! hehehe

    Bjs

    livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Até agora não li nenhum livro da autora, acredita? Sempre vejo diversos comentários positivos sobre as historias dessa autora. Gostei bastante da trama criada nessa historia, vou colocar na minha lista.

    ResponderExcluir
  15. Nossa Mari! Que maravilhoso!!! Não sabia que o novo livro falava sobre a irmã do Edmund, vou adorar, já quero. Então... meu sonho é que a Julia nos brindasse com a estória de Violet e Edmund. Posso sonhar né?!
    Bejoks

    ResponderExcluir
  16. Owt! Eu tbém amoo romance de época, principalmente essa série (Amo O duque e eu )
    Não li esse ainda mas já está na lista pra ler! Pena que ta acabado :/
    Amei a resenha *-*

    ResponderExcluir
  17. Nunca me aventurei em romances históricos, mas essa série parece ser bem bacana e interessante, só ouço elogios sinceros. A resenha está ótima, fiquei interessado! Abraços, desejo ótimas leituras =)

    ResponderExcluir
  18. Li Ano passado a serie Os Bridgertons e me apaixonei por essa familia linda.
    Hyacinth para mim é a Bridgerton mais engraçada e perspicaz, adorei o livro bem divertido e nem um pouco cansativo. Pode ter certeza que o ultimo livro da serie, A Caminho do Altar vai fechar a história com chave de ouro.

    ResponderExcluir
  19. Julia Quinn se tornou uma das minhas escritoras favorita. Os seus livros de época me faz viajar. Amo todos os livros dela.

    ResponderExcluir
  20. Eu só li o primeiro da série e amei, e de todas Um beijo inesquecível tem a capa mais linda, além de parecer ser superfofo e divertido, quero muito ler todos da série esse ano!!
    bjss

    ResponderExcluir
  21. Eu amo as capas do livro da autora Júlia Quinn...
    Faz muito tempo que quero ler essa série, porém meu bolso não colabora...
    Já li diversas resenha, e cada vez fico mais ansiosa por essa leitura.

    ResponderExcluir
  22. Sou doida pra ler esses livros da Julia Quinn, nunca li nada desse tipo e como são livros bem elogiados estou altas expectativas. É uma pena mesmo que esteja chegando ao fim, mas pra mim por enquanto esta ok pois não li nem o primeiro. Acho as capas da série muito bonitas.

    ResponderExcluir

Amigos leitores, sintam-se a vontade para comentar o post. Peço que, por favor, ao tecerem os comentários, não utilizem palavras e expressões que possam ofender os demais. Obrigada.