segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Resenha - Sombras do Império

Oi meus amigos!

Como vão todos?

Nesta manhã de segunda-feira, vamos começar a semana logo cedo com uma resenha!

O livro de hoje é, mais uma vez, uma aventura de Star Wars. Falaremos hoje do aclamado romance denominado "Sombras do Império"

O que diz o Skoob:


São tempos sombrios na galáxia. Enquanto a princesa Leia organiza uma missão para resgatar Han Solo do terrível Jabba, o Hutt, Darth Vader vasculha a galáxia atrás de Luke Skywalker, com o objetivo de recrutá-lo para o lado sombrio da Força.


Para atender a ordem do imperador Palpatine, o Lorde Sombrio une seus esforços a Xizor, poderoso líder de uma organização criminosa. Mas Vader não é o único a querer as graças do imperador, e seus planos podem ser colocados em risco, já que o chamado Príncipe Negro pode ter outros interesses nessa empreitada


Minhas impressões:


Originalmente, o livro "Sombras do Império" foi escrito no ano de 1996. Sim, faz 20 anos que esse livro nasceu. Porque só agora chegou ao Brasil? Sinceramente, eu não sei!

Só sei que a LucasArts, empresa responsável por Star Wars à época, resolveu criar uma história em diversas plataformas, para que atingisse diversos públicos. Assim, o livro com a história havia sido lançado, assim como jogo para computador, para o videogame Nintendo 64, quadrinhos e também bonecos (minifiguras).

Em 1996 eu tinha 10 anos (sim, eu nasci em 1986 e no final do ano de 2016 eu vou fazer 30 anos) e já gostava de Star Wars. Em 1996 eu tinha um Nintendo 64 e havia ganhado esse jogo dos meus pais. Foi amor a primeira vista. E foi assim que eu conheci "Sombras do Império"

Muitos sabres de luz vermelho! Vader na frente e Xizor logo atrás
 A história do game e do livro é a mesma e eu apresento agora a vocês!

Tudo se passa entre os filmes 5 e 6, ou seja, depois da batalha de Hoth e antes da segunda Estrela da Morte. Han já está congelado em carbonita e só vemos Luke e Leia, dos personagens principais na história.

Luke já aparenta ser um Cavaleiro Jedi e está mais treinado na Força.

Mas as sombras que rondam o Império advém do Príncipe Xizor. Ele é um alienígena verde e um chefe do crime. Ele é o líder da organização criminosa Sol Negro (Black sun, no original). A Sol Negro tem diversas operações escusas na galáxia toda e o Príncipe Xizor (Sim, ele vem de uma família real de seu planeta natal) controla boa parte das atividades criminosas.

Xizor caiu nas graças do Imperador Palpatine, que vê em Xizor um potencial aliado. É claro que o cachorrinho do Imperador, Lorde Vader, não fica nada satisfeito com isso.
Xizor quer, na verdade, se vingar de Vader, que teria prejudicado sua família há muitos anos. Por isso, ele vê nessa ligação com o Imperador, uma excepcional oportunidade para tirar Vader da jogada e ser o "queridinho" do chefe.

Ahhh... que saudade do meu Nintendo 64! Eu tinha uma fita de Sombras do Império idêntica a essa da imagem
Tudo parecia bom para Xizor, que tem um plano que poderia dar certo. Xizor sabe que o Imperador queria Luke Skywalker vivo, para convertê-lo ao lado sombrio. Se Xizor conseguisse matar Luke Skywalker e fizesse parecer ser obra de Darth Vader, ele conseguiria destruir o prestígio do "rival" e vingar-se plenamente. Ele usaria todos os créditos conseguidos como chefe de uma das organizações criminosas mais poderosas da galáxia e seu prestígio alcançado graças a corrupção para atingir esse objetivo.

Xizor é o típico personagem ruim. Malicioso com quem ele acha que pode conseguir qualquer vantagem, depravado com as mulheres, extremamente frio com os que alega serem seus adversários e não consegui enxergar nenhuma novidade de vilões de livros, até mesmo alguns de livros de 007, como eu escrevi na resenha de "A essência do mal", que você pode consultar aqui. É um vilão bem comum.

Só que ao lado de Luke, existem vários amigos que passam a investigar as tentativas de homicídio e chegam a surpresa de que não é o Império que trama contra a sua vida, mas a Sol Negro, pertencente a Xizor. Lando Calrissian, a Princesa Leia Organa. C3PO, R2D2, Wedge Antilles são alguns dos conhecidos que aparecem nas páginas.

Pequenino trecho
A surpresa fica por conta de um novo personagem. Dash Rendar (que era o personagem principal dos jogos de videogame na época), um caçador de recompensa que passa a ajudar os Rebeldes no intento de parar Xizor.

No livro, Dash Rendar é egocêntrico e tem uma vontade enorme de se sobrepor aos outros, talvez pelos traumas sofridos ao longo de sua vida. Através do que o autor nos deu no livro, o personagem é um porre e difícil de lidar. No game, nas descrições de suas falas, ele parecia menos arrogante. 

Surpresa também em um Darth Vader com lado humano. Sorri em determinado momento no livro, contesta em pensamento ordens de Palpatine e sente ciúme da proximidade entre o Imperador e Xizor. Vader realmente não é uma máquina! E o autor Steve Perry deixa isso bem claro para os leitores. As partes com o Lorde Vader são muito atrativas.

O final, é claro, tinha que ter muita ação. O final foi bem escrito pelo autor e detalhado na medida certa. Há outras partes com ação no livro, notadamente quando a Guri (sim, você leu certo, amigo leitor: Guri, o mesmo nome que os gaúchos dão para meninos) uma ciborgue loira muito sensual feita exatamente como uma humana comum (em todos os sentidos mesmo) aparece e que pertence a Xizor. Quando essa ciborgue surge no livro, é quase certo que alguém morra no livro.

A vista do espaço do planeta Coruscant em cada início de capítulo!
Escrito em capítulos pequenos e de leitura rápida, Sombras do Império é uma ótima opção de entretenimento para aqueles que adoram a leitura assim como nós!

Por hoje é só!

Se gostarem, comentem aqui embaixo!

Até a próxima!











Dados do livro

Nome: Sombras do Império
Autor: Steve Perry
Editora: Aleph
Páginas: 445








OBS.: Último post válido para o Top Comentarista de fevereiro. Serão aceitos comentários até 23h59 do dia 01/02/16! Boa sorte!!!





16 comentários:

  1. Marcos,nossa 20 anos depois!Mas antes agora do que nunca.Amei a premissa,toda essa disputa do lado negro entre Xizor e Vader. Assim podemos ver um Vader ´´menos mau``,ou seja mais humano,sendo alvo de uma cilada por parte de Xizor.Gostei de saber sobre esse novo personagem Dash Rendar e o fato dele ser egocêntrico.Gostei de saber que no final tem muita ação.Até a próxima!!!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, deve ser legal jogar e ler. Mas é melhor ler. Achei interessante isso de lançarem jogos e livros, gosto quando fazem coisas assim por expandir a história de várias formas. E esse demorou tudo isso pra ser lançado aqui? Que pena pra quem já é fã faz tempo né =/
    Mas vale a pena conferir pelo jeito. E é leitura fácil e bem rápida, dá pra ler rapidinho. Estou pensando se leio esses livros, mas não sei quando ainda e se vai dar pra ler tão cedo....

    ResponderExcluir
  3. Não entendo bem desse universo, mas parece ser um livro bem escrito e cheio de ação!!
    Em março assistirei sem falta, todos os filmes de Star wars + lerei alguns livros!!
    PRECISO conhecer essa série!!
    bjoss

    ResponderExcluir
  4. Oi Marcos mesmo eu não gostando da saga de star Wars eu sempre gosto de ler as suas resenhas porque elas sempre são maravilhosas, o livro é lindo mas a saga de livros de Star wars continua não me chamando a atenção bjs.

    ResponderExcluir
  5. Confesso que estou meio que perdida na quantidade de livros de star Wars, parece mais infinito e além. kkk Gostei da resenha e assim que terminar os outros livros de Star Wars que estou lendo, vou começar esse.

    ResponderExcluir
  6. Marcos sabe uma das melhores coisas que acho em ler seus textos!!??? Você sempre trás informações interessantes, além de escrever bem e deixar os leitores curiosos para ler o livro indicado.
    Confesso que dificilmente leria essa série, mas admiro a paixão dos fãs como vc e sempre leio as resenhas para agregar informações e nao ficar tão por fora. Fiquei curiosa com essas cenas onde Darth Vader deixa transparecer sua humanidade.
    Enfim parabéns pela leitura e pelo incentivo à leitura do livro.

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  7. Marcos conheci o blog a pouco tempo e já tô rindo aqui prq sempre que você aparece aqui ou no ig, é sobre star wars haha

    ResponderExcluir
  8. Não conheço a história de Star Wars, então não é um livro que iria ler agora, mas caso eu venha me interessar pelo universo, pode ser que eu leia a história.

    ResponderExcluir
  9. Nossa quantos livros sobre a serie, apesar de o livro não me atrair para a leitura ele parecer ser muito bem feito.

    ResponderExcluir
  10. Outra capa muito bonita de Star Wars, outro livro que não tenho a mínima vontade de ler. :( não sei se o problema é só comigo (claro que não) mas todo mundo parece gostar disso. Aquilo são marcadores? São bem criativos e bonitos.

    ResponderExcluir
  11. Acho curioso, parece que todo mês lança algum livro de Star Wars. Na verdade, olhando rapidamente, tem lançado mais de um por mês. Com relação ao “Sombras do Império” fiquei curioso pois no final dos anos 90 existia um jogo de Star Wars (para Nintendo 64) com esse mesmo nome (e que se passava justamente entre os episódios V e VI). Será que o enredo deles é o mesmo?

    ResponderExcluir
  12. Lá vem o Marcos, fã de carteirinha do Star Wars hahaha brinks
    Apesar de AINDA não ter lido nenhum livro sou muito fã de toda a série.
    adoro todo o enredo e os personagens só que ainda não tive tempo(coragem) para começar a ler mas eu vou rs
    Bjus
    Até!

    ResponderExcluir
  13. Eu amei a resenha. Porém não gosto de star fica para uma próxima quem sabe.

    ResponderExcluir
  14. Olá, Marcos!
    Tudo bem?

    Estou louca para ler esse livro por conta de seu apelo clássico. Conheci os quadrinhos da história, mas não tive acesso ao livro ainda.
    Para ser sincera, não tive como comprá-lo ainda. Na época que fiz minha última super compra acabei pegando Marcas da Guerra por todo o boom que fez.

    Mas com certeza estarei comprando esse livro na próxima! ;)
    Obrigada pela dica!

    Bjs

    livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Nossa, adorei a resenha Marcos!
    Também tenho um blog que fala sobre literatura (e outros), e lendo essa resenha tão bem feita tento me espelhar para escrever assim!
    Um abraço, já estou seguindo o blog, se puder depois dê uma passada para conhecer o meu também!
    http://umalbumpanoramico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Eu já ouvi tanta coisa sobre a franquia Star Wars que até fiquei interessada em, pelo menos, assistir os filmes. Gostei muito da resenha e da pra ter uma ótima noção de como é a história, e como que as coisas se desenvolvem.
    Assim que tirar um tempo pra ler ou assistir algo de Star Wars, venho aqui contar o que achei.

    Beijos, Gabi

    ResponderExcluir

Amigos leitores, sintam-se a vontade para comentar o post. Peço que, por favor, ao tecerem os comentários, não utilizem palavras e expressões que possam ofender os demais. Obrigada.