sábado, 13 de fevereiro de 2016

Resenha - Alvo em movimento - uma aventura da Princesa Léia

Prezados amigos leitores!

É sábado! E porque não trazer neste espaço uma resenha neste dia? Sábado também é dia de trabalho e de resenha, sim!


Mais uma resenha e ela, como não podia deixar de ser, é de Star Wars!


A resenha de hoje é do livro chamado "Alvo em movimento" e foi publicada originalmente no dia 27 de dezembro no blog "Livros e Chocolate Quente".

O que diz o Skoob:

Nesta história, que se passa entre O Império contra-ataca (episódio V) e O retorno de Jedi (episódio VI), a princesa Leia lidera um grupo de rebeldes numa missão contra o maligno Império Galáctico. Passando por três planetas diferentes, ela precisa distrair as tropas imperiais enquanto a Aliança Rebelde organiza um ataque à nova Estrela da Morte. Nesta série, você encontrará aventuras inéditas de seus personagens favoritos, além de algumas caras novas. Mas leia com atenção! Há pistas escondidas nas páginas dos livros, que vão lhe dar dicas preciosas sobre o episódio VII, O despertar da Força!



Minhas impressões:

A Mari soube pela Andressa do blog "Livros e chocolate quente" que haviam livros de Star Wars para ela ler e resenhar.

Ela, então, recebeu os livros. Eram dois: Estrelas Perdidas e este de hoje. Só que a Mari sabe que eu sou completamente apaixonado por Star Wars e fã incondicional da série desde quando tinha 9 anos de idade. Por isso, ela passou a incumbência para mim e eu vou apresentar para vocês hoje a resenha desse "Alvo em movimento"!

Amigos, eu amo Star Wars demais! Já assisti cada filme por aproximadamente 15 vezes. Tenho diversos produtos dos filmes, tenho no meu carro as músicas da trilha sonora, já joguei inúmeros jogos da saga e vou sempre que posso na JediCon. Daí, ante a esse histórico, a Mari achou por bem que eu faria uma resenha bem completa para vocês! E eu vou fazer o possível e o impossível para passar toda a experiência para vocês.

E aqui vamos nós!


"Alvo em movimento" é um livro bastante interessante. O foco, obviamente, como sugere o título e o desenho da capa, é todo na Princesa Léia.

Parecem livros infanto-juvenis, com desenhos dos personagens no início de cada uma das três partes e também do prólogo e do epílogo, além de as letras serem maiores do que o tamanho padrão dos outros livros do chamado gênero "young-adult". Mas não se engane, leitor que já passou da casa dos 20 anos, apesar da aparência, há certeza de diversão para qualquer idade. Isso porque a história é bem contada!

A editora lançou três aventuras, cada uma narrando uma aventura de um dos personagens clássicos: Luke, Han e Léia. Os outros dois eu não tive a oportunidade de ler ainda, mas acredito que se forem tão dinâmicos como esse, serão também leituras proveitosas. Eu escolhi o livro da Princesa Léia porque sempre gostei dela.

Para que todos se situem, a narrativa se passa entre os episódios V (O império contra-ataca) e VI (O retorno de Jedi). Então, já vemos uma Aliança Rebelde bem organizada e com uma hierarquia bem definida. Então, com a Léia assumindo seu papel de destaque na Aliança Rebelde, ela mesma cria uma missão bem peculiar: distrair os imperiais com uma falsa missão, colocando propositadamente transmissões antigas e já decifradas pelo império em três planetas ainda neutros e que querem se juntar à Rebelião. Atraindo o Império com essa isca, a Aliança Rebelde faria, no outro lado da galáxia um verdadeiro ataque às instalações militares do Império.

E para que a missão continuasse secreta e sem perigo de as informações vazarem, só a própria Princesa Léia saberia que isso era falso. Implicações ético-morais chegam a ser mencionadas no livro, mas de maneira bem superficial e leve, que não atrapalha a narrativa em nada.

Poderíamos pensar: a Princesa de Alderaan seria maquiavélica a tal ponto de usar pessoas para conseguir o sucesso de uma missão da Aliança? Uma frase do próprio filme, amigos, responde isso: "Lembre-se sempre: o seu foco determina a sua realidade". E o foco da Princesa é de se entregar de corpo e alma a Rebelião, seu foco é arrasar de uma vez por todas com o Império. Então, ela propõe amissão secreta para o alto comando da Nova República e monta o seu time de auxiliares. Um guerreiro, uma especialista em comunicações e um especialista em bombas, personagens que aparecem na parte 2 do livro e que dão aquele tempero na história.


A narrativa é muito dinâmica e o livro já põe o leitor num ritmo acelerado da aventura antes mesmo das 100 primeiras páginas. Considerei isso um ponto positivo, pois o leitor quer ler uma aventura e não precisa esperar muito para ver toda a ação acontecendo. Por falar em ação, muita coisa acontece nos planetas visitados pela filha de Darth Vader, até mesmo um encontro com criaturas noturnas dentro de uma chaminé. Recomendo!

Uma coisa que eu queria comentar com vocês é sobre a própria personagem principal. A Princesa Léia segue exatamente a linha de bravura e coragem que existia nos filmes da primeira trilogia e que rendeu a Carrie Fisher (a atriz que viveu a Princesa Léia) os seus fãs. Quem já viu os filmes, sabe que a Pricnesa Léia sempre comandou os rebeldes com essa bravura e os inspirava com a sua perseverança. No livro, vê-se a mesma coisa: mesmo sentindo medo, ela não recua e mantém o seu ideal de luta por uma galáxia melhor acima de tudo, custe o que custar.

Numa época em que tanto se fala da figura do feminino, do espaço em que a mulher deve ocupar no mundo, a Princesa Léia simboliza a mulher que é ao mesmo tempo poderosa, sábia e apaixonada. Ela é Princesa de Alderaan e General da Aliança Rebelde. É a mulher que tem coragem de liderar tropas, pertencer a realeza de seu planeta e ainda amar aquele que está congelado em carbonita. É a mulher forte e audaciosa quando precisa ser ao confrontar Darth Vader e doce e suave quando se trata de assumir o que sente por Han Solo. E isso sem dever nada para ninguém! As mulheres podem tudo, é a lição que a Princesa Léia vem mostrar!

Um Viva para a Princesa Léia, então!

Aplausos para a editora que fez uma capa muito bonita e muito gostosa no tato. A sensação nos seus dedos é como se ela fosse emborrachada. Mais um ponto positivo! Os desenhos que eu já mencionei acima também são extremamente fiéis ao proposto pelo universo de Star Wars!

Mas eu não podia encerrar sem desmistificar uma coisa: na parte superior da capa vem escrito que o livro é uma espécie de preliminar do novíssimo filme, "O despertar da força". Seria como uma jornada para o filme. Jornada é o mesmo que caminho, amigos. Logo, você teria que ler o livro para entender o filme, certo? Pura enganação. Há apenas menção ao planeta Jakku no prólogo e no epílogo, sem adentrar em absolutamente NADA no enredo do novo filme. Fiquem sossegados, pois não há nenhum spoiler ou qualquer dica sobre o futuro. Você pode ir ver a película sem ter lido esse livro, caro leitor, pois isso nada irá influenciar no entendimento da história do longa metragem.


Espero que tenham gostado!

Voltarei em breve com mais uma resenha! Grande abraço!












Dados do livro:

Nome: Alvo em movimento
Autor: Cecil Castelucci e Jason Fry
Editora: Seguinte
Páginas: 240





17 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Oi Marcos o livro e as paginas são lindas mas Star Wars não me chamam a a atenção não é o meu tipo de gênero literário bjs.

    ResponderExcluir
  3. Gostei bastante da resenha, nada melhor que ler algo escrito por alguém que entende do assunto. Tenho grande interesse em assistir os filme de Star Wars e depois ler os livros. Achei bem bonita a capa do livro e os detalhes por dentro do livro, a editora caprichou na edição.

    ResponderExcluir
  4. Marcos,gosto muito também da princesa Léia e amei o visual,as ilustrações e a fonte dessa obra.Que bom que a história é bem contada.Achei bem legal a missão da Léia de distrair para que as instalações militares do Império sejam atacadas.Gostei de saber que a narrativa é dinâmica .Amei que suas características de bravura e perseverança são vistas no livro.Legal não ter nada sobre o enredo do novo filme.Grande Abraço,também!

    ResponderExcluir
  5. Oi Marcos, ler Star Wars pra mim é uma meta, nunca li ou assisti por ser muitos filmes e livros e eu não tenho tempo, Mas admiro toda a série sei que ao ler eu vou adorar! Um dia ainda vou ser conhecedora de toda a série mas por enquanto só vou ler as resenhas rs!
    Parabéns pela resenha!
    Bjus *--*

    ResponderExcluir
  6. Que edição linda desse livro, super caprichada. E ótimo ser o foco na princesa Leia, gosto de colocar o olhar da força da mulher.

    ResponderExcluir
  7. Achei interessante por cada livro ser uma aventura de um personagem. Assim quem gosta mais de um pode ler mais dele, isso deve ser legal. Não sei é se leria, gostaria de conferir filmes antes pra ter uma ideia geral.

    ResponderExcluir
  8. Sua resenha está muito boa. Ainda não li nem um livro de Star Wars nem assisti os filmes, no momento a história não desperta meu interesse, quem sabe futuramente eu resolva ler os livros e assistir os filmes.

    ResponderExcluir
  9. Gosto bastante de ler as resenhas dos livros de Star Wars, sempre descubro alguma novidade nas resenhas, to bem curiosa para ler.

    ResponderExcluir
  10. Bem como já disse sou leiga quando o assunto é universo Star Wars, mas achei um máximo ter um livro só para a personagem, e a diagramação esta linda.

    ResponderExcluir
  11. Olá, Marcos!!

    Eu ainda não li essas aventuras de Leia, Luke e Han que a Seguinte publicou. Até dei uma conferida no último evento que fui, mas os preços ainda estavam salgados e minha carteira há muito não está dando conta! Hahahaha

    Mas fico muito feliz de saber que é um bom livro. Eu gostei bastante da temática de ação que me apresentou e concordo que a Leia faria o que é melhor para a Rebelião. No estilo de os fins justificam os meios. É bem o estilo dela mesmo.

    Adorei as ilustrações no meio do livro! Espero que tenham várias! Adoro livros ilustrados. E é legal apresentar Star Wars com essa temática mais juvenil mesmo até para atrair novos fãs que normalmente não olhariam muito para esse tipo de história.

    Os livros que falam que são um prelúdio para o Episódio VII raramente o são, mas um livro que se passa entre os Episódios V e VI nem teria como ser um prelúdio para o VII, né? É meio que impossível! Hahahaha

    Mas bom saber que o livro agrada. Vou continuar checando os preços para ver se entram em promoção!

    Bjs

    livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Então, você deve achar que mais uma vez estou aqui pra falar o quanto não tenho pela obra da qual é fã desde pequeno... Mas dessa vez, ao ler a história da princesa Leia fiquei bastante curiosa com essa personagem. Acredita que já estou até planejando procurar os filmes quando chegar em casa?
    Quanto aos livros, talvez leia esse da princesa por se tratar de ser um young-adull e ter mais chances de eu apreciar a leitura.

    ResponderExcluir
  13. Sou loucaaaa para ler os livros de Star Wars, mas não entendo nada, porque ainda não li nenhum livro e nem assisti a um filme kkkkkk ganhei agora o livro Estrelas perdidas, e quero assistir aos filmes para lê-lo.
    A Princesa Leia pelo que vejo é bem decidida e soldadona, nada de ficar sentada de braços cruzados, to mais curiosa ainda!!
    bjos
    elvisgatao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Gostei muito da resenha.
    Porém eu não gosto de star Ward? Li os livros, assistir o filme e ainda assim minha opinião continua a mesma...

    ResponderExcluir
  15. Oi Marcos, apesar de não me interessar po star wars, gosto de ler suas resenhas, percebe-se que vc é apaixonado. Amei as ilustrações, eu coleciono marcadores de star wars e alguns cards tbm <3 mas incrivelmente nem lendo a melhor resenha, nunca quis lê-los ja minha coleção é um xodó

    ResponderExcluir
  16. Não sei se é devido a já ter visto os filmes, mas os livros sobre a serie Star Wars não conseguem prender minha atenção.

    ResponderExcluir
  17. Não curto Star Wars, mas o livro é muito bonito e parece ser bem feito mesmo. Por mim tudo bem se tivesse spoiler, pois não tenho vontade nenhuma de ver o filme ou ler o livro.

    ResponderExcluir

Amigos leitores, sintam-se a vontade para comentar o post. Peço que, por favor, ao tecerem os comentários, não utilizem palavras e expressões que possam ofender os demais. Obrigada.