segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Resenha - Corações em guerra

Olá leitores!

Como vão?

Estou de volta! Como foram de festas e comemorações de fim de ano? Eu estive meio ausente do blog nos últimos tempos e a minha última resenha é datada do início de dezembro, mas estou finalmente de volta! E agora sim. com mais uma resenha! É que Dezembro foi um mês muitíssimo atarefado para mim, mas no final, consegui atingir todos os objetivos! E, amigos, o livro de hoje é o nacional "Corações em guerra", terceira e última parte da história da autora amiga Elysanna Louzada!

O primeiro livro, "Herdeiros do trono" me agradou tanto que eu precisei ler a continuação. Na Bienal do livro do Rio em agosto de 2015 ela nos cedeu seu segundo volume "Círculo de fogo", que eu li em pouco tempo e também apreciei bastante! Gostei tanto que comprei o terceiro volume, que fecha a trilogia.

Então vamos lá!

O que diz o Skoob:


As tropas do exército Imperial estão prontas para marchar rumo à Península do Gândara. Para deter a sede de poder de Edgar Belmonte e impedir a destruição da cidade dos Anões, os Cavaleiros da Aliança preparam-se para a batalha. É chegada a hora do último confronto entre o bem e o mal. Uma guerra de proporções épicas mudará a vida de Pedro, Isabel, Tommy e Eloise. 



Para defender o Reino Unido, eles serão obrigados a fazer escolhas difíceis que poderão afastá-los daqueles que mais amam. “A guerra não pouparia vidas. O fato era inevitável.” 



Será que os Cavaleiros da Aliança conseguirão evitar que o mal vença e salvar a vida das pessoas que amam? Leia o desfecho dessa trilogia fantástica e descubra o destino dos Herdeiros do Trono.

Minhas impressões:

Continuando a aventura de Pedro, Eloise, Tommy e Isabel, chegamos na terceira e última parte. Quem não se recorda das outras resenhas, pode conferi-las agora. Herdeiros do trono, aqui e Círculo de fogo, aqui.

Amigos, quem nos acompanha aqui no blog sabe que eu gostei muitíssimo do livro Herdeiros do trono, da autora. Ainda em 2015, li o segundo volume. Gostei tanto da trama criada por ela que comprei o último volume, que é este que irei resenhar. 


Após a proclamação da guerra em Tamísia pelo usurpador do trono e primo de Pedro e Eloise, Edgar Belmonte, o clima de instabilidade ronda todo o país. O livro começa justamente nesse ponto. Os quatro amigos cercam-se de cuidados para começar a guerra, reunindo as tropas dos Cavaleiros da Aliança para defender-se. Arnon, como sempre, um personagem essencial no litvro, o que nos faz querer ver a guerra logo!

Enquanto isso, o rei maldoso Edgar marcha em direção da cidade dos anões, que guardam os quatro heróis da trama, Pedro, Eloise, Isabel e Tommy. Até que eles chegam a finalmente a batalha começa. 

Ansiei pela batalha, muito embora ela tenha vindo tarde na história. Eu quis muito ver como a autora conduzia os combates, porque a escrita da autora é sofisticada e consegue mesclar muito bem a dura realidade da vida com a fantasia.

No livro "Circulo de fogo" eu expliquei como a autora combinou a violência do dia a dia na história, que é leve. Isso tinha me cativado demais. Não que eu goste de violência, absolutamente, não! Sou contra todo o tipo de violência, mas vi que isso ficou interessante na história.

Em determinado período de "Corações em guerra", um abusador de mulheres foi pego na batalha e desarmado por Isabel. Ela o ameaçou de emasculá-lo, como vingança por todos os males que ele já tinha feito com outras pessoas e o resultado foi ótimo! Esse tipo de mistura me agradou bastante neste livro também. É como uma mudança brusca no gênero original do livro. Esse contraste ficou muito bacana!

Acredito que a autora tem potencial mais que suficiente para escrever um drama, um ensaio pesado e mais adulto que aborde temas mais delicados do cotidiano. Ela já escreveu romance e fantasia. Eu o leria, com toda a certeza, porque sei que ela é versátil para fazer um bom trabalho também com um drama!


Mas voltando a batalha, acho que fiquei com expectativas demais. Eu esperava uma batalha que abrangesse mais e mais páginas, que até mesmo ocupasse metade do livro. Acreditei que algo sobrenatural fosse acontecer na batalha, como o ressurgimento de uma personagem já morta para liderar as tropas, mas isso não veio. Esperei por mais fantasmas no campo de batalha, até porque o nome do livro sugere bastante guerra. Na verdade verdadeira, achei os combates rápidos, mas nada que diminuísse o brilhantismo do livro, que é um bom divertimento e um livro que o leitor se afeiçoa rapidamente com os personagens.

Bárbara, a meio insandecida alter-ego de Eloise, continua aprontando das suas e diverte bastante nas ocasiões em que aparece. Mesmo aprontando com Arnon e Tommy, ela soube ser bastante forte para empreender um resgate, que é importante para a história. A partir daí, percebi que ela também teria papel decisivo na história.

Rash e Diogo Fernandez também são os coadjuvantes que "adoçam" a história, aparecendo durante a narrativa.

E ainda no decorrer da história, a autora consegue dar um susto nos leitores. Então, preparem seus corações, amigos leitores.

Já caminhando para o término o final de Edgar Belmonte é totalmente inesperado. Não me senti desapontado com o sei fim, que foi bem pensado, mas sua participação na guerra e na batalha ficou um pouco pequena, no sentido de aparecer liderando as tropas. 

Por último, o final do livro é muito bacana e não tem como não ficar agradado com o desfecho! Recomendo para todos os que procuram uma fantasia nacional de qualidade!



E assim fechamos a trilogia! Gostaria de oferecer um agradecimento especial a autora que sempre é muito gentil e simpática conosco! Elysanna, você já sabe disso mas reiteramos: eu e a Mari somos seus fãs e continuaremos a divulgar o seu trabalho!

Até a próxima amigos!

Abraço!







Dados do livro

Nome: Corações em guerra
Autora: Elysanna Louzada
Editora: Independente
Páginas: 326





19 comentários:

  1. Oi Marcos nunca linda dessa escritora lendo a sinopse o livro parasse ser bem interessante amo livros que se passam em outro seculo com certeza vou le-lo obrigada pela dica e como sempre você faz ótimas resenhas bjs.

    ResponderExcluir
  2. Gente que legal, conheço a autora, mas não li nada dela ainda! Sempre vi alguns vídeos com um pouco do processo de criação dela e tudo me deixa ainda com mais vontade de ler... quem sabe esse ano eu consiga!!!
    Beijokas
    Je Fachini
    www.jeitodler.com

    ResponderExcluir
  3. Marcos, preciso ser sincera e dizer que eu não tinha conhecimento sobre essa trilogia, nem mesmo sobre a autora, mas quando soube que suas histórias tratam de guerras e fantasias, não pude negar minha curiosidade.
    Gosto desse tipo de gênero e fico muito feliz que o desfecho do último livro tenha te agradado, apesar que estava na expectativa de presenciar momentos maiores de guerra.
    Adorei a resenha e espero que eu possa ler esses livros de Elysanna em breve.

    ResponderExcluir
  4. Marcos,para quem gosta de aventuras essa trilogia parece maravilhosa.Eu que não sou muito fã fiquei muito curiosa para conhecer a aventura para conhecer a aventura de Pedro,Eloise,Tommy e Isabel.Gosto muito de livros com temática de Guerra.Achei engraçado o nome do rei maldoso Edgar que vai guerrear contra os heróis da trama .Legal a autora sabe mesclar a dura realidade da vida com a fantasia.Que pena que achou os combates rápidos,legal saber que nos afeiçoamos rapidamente aos personagens.Fiquei curiosa com o final do personagem Edgar Belmonte.

    ResponderExcluir
  5. Não me animei rss, essa mudança que você achou divertida não parece combinar com todo o resto da fantasia criada.

    ResponderExcluir
  6. Marcos!
    Bom demais ver uma escritora nacional escrever de forma inteligente uma trilogia que parece mais que interessante, tanto pelo enredo como pelas personagens.
    Não li nada da autora ainda, mas pretendo.
    “Chega-te aos bons, serás um deles, chega-te aos maus, serás pior do que eles.”(Sabedoria popular)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe do TOP COMENTARISTA de Janeiro, são 4 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  7. Marcos,
    Espero que seu final de ano e início de 2016 tenham sido especiais.
    Já estava com saudade de suas resenhas, confesso que nessa em específico fiquei meio por fora porque não conhecia essa série e não tive tempo para ler as resenhas anteriores, mas deu para ter uma noção do que esperar da leitura.
    Confesso que ainda sou novata no muito da fantasia (épica, medieval) estou me acostumando com os elementos etc, apesar de gostar mais da fantasia fantástica; mas entendo sua admiração pelo trabalho da Elysanna, sou assim com a Denise Flaibam (totalmente apaixonada pelos escritos e enredos dela) #FicaaDica

    Fiquei feliz ao saber suas impressões, que apesar de não ter sido o que vc esperava acabou aproveitando a leitura e observando os pontos que te agradaram. Enfim parabéns pela leitura, divulgação e incentivo à literatura nacional #EuLeioNacional

    Ótimo mês de janeiro para vc com leituras significativas e prazerosos. Abração!!!
    Leituras, vida e paixões!!

    ResponderExcluir
  8. Oi Marcos!
    Fiquei com receio de ler a resenha por ser o ultimo de uma trilogia, mas gostei bastante de como você a escreveu sem dar spoilers dos livros anteriores, pelo menos eu não notei nenhum.
    Não me inter ressei tanto pela trama assim, mas talvez seja pq não li nada do primeiro livro.
    Mas quem sabe....
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia essa autora. Na verdade, nunca me interessei muito por literatura nacional (me crucifiquem), mas esse ano estou mudando isso e comecei com o pé direito. Minha primeira leitura de 2016 foi O Reino das vozes que não se calam, de Carolina Munhóz e Sophia Abrahão e, cara, eu me surpreendi muito com esse livro e amei a história! Estou lendo o segundo da série e amando igual ao sentimento pelo primeiro.
    Tantos livros lidos, milhares de livros pra ler e quanto mais resenhas eu leio mais a minha lista de desejos cresce e meu dinheiro diminui kk' estou adicionando essa trilogia a minha lista kk'. Sempre gostei muito de fantasias, distopias ou mundos mágicos. Esses temas me atraem de uma forma que nem eu compreendo. A única coisa que não gostei foi a capa do último livro, achei muito diferente do padrão dos dois primeiros livros, mas a história realmente parece ser cativante. Espero, em breve, descobrir os segredos de Herdeiros do Trono *-*
    Beijinhos e ótima resenha, Marcos <3

    ResponderExcluir
  10. Oi, Marco
    Eu sabia que você sentiria falta de mais batalhas (rsrsrsrs). Eu tenho planos de acrescentar cenas extras quando o livro sair por uma editora. No momento que escrevi o Corações em Guerra, a carga dramática falou mais forte comigo. O título sugere esse duplo sentido: a guerra pode ser física ou emocional.
    Obrigada elo carinho com meus livros. Nossa parceria é 10!
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Ainda não conheço a escrita dessa autora mas já li uma resenha do primeiro livro é gostei muito da historia, achei fantástico esse mundo que a autora cria é legal ver que no final a serie não desaponta e se tiver oportunidade quero ler !!

    ResponderExcluir
  12. Eu amo livros de fantasia, e estava procurando alguns nacionais, encontrei alguns que gostei muito, mas esse eu não conhecia e pelo que li acho que irei gostar, vou colocar ele na minha lista e irei ler em breve pois esse ano quero ler muitos nacionais

    ResponderExcluir
  13. Já ouvi falarem aos montes sobre esse livro, sigo até a autora no instagram se não me engano e eis que eu tenho uma vontade louca de ler pois esse livro me persegue muito, acho que isso só pode ser um sinal kkk boa resenha.

    ResponderExcluir
  14. Me interessei pelo livro porque embora eu adore livros histórico nunca li um que se passasse na roma antiga, li a resenha e gostei bastante, espero também gostar dos livros da trilogia.

    ResponderExcluir
  15. Oiiee Marcos,
    Eu não conhecia a trilogia, mas fiquei super curiosa para ler, ainda mais que é um nacional, gosto muito de livros que se passam em uma época diferente da nossa, batalhas, são tudo kkkkk espero ter a oportunidade de ler a trilogia.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  16. Eu não conheço a autora nem seus livros, no primeiro instante não me despertou curiosidade, mas ao decorrer da historia fiquei com vontade de ler, faz tempo que não leio nada do genero.

    ResponderExcluir
  17. Olá! Ainda não li nenhum desses livros, embora o contexto deles me agrade. Uma pena que a batalha em si não tenha te agradado tanto assim. Talvez por você ter esperado muito e ela ter demorado para acontecer é que isso possa ter acontecido. No geral, acho que me agradaria, então colocarei na minha lista.

    ResponderExcluir
  18. Confesso que fiquei meio perdida durante a leitura da resenha,pois não tinha conhecimento dessa trilogia.No entanto você mostrou bastante entusiasmo ao resenhá-la despertando a curiosidade do leitor.Desejo boa sorte para a autora.

    ResponderExcluir
  19. adorei sua resenha
    fiquei curiosa sobre a obra .
    bjs

    ResponderExcluir

Amigos leitores, sintam-se a vontade para comentar o post. Peço que, por favor, ao tecerem os comentários, não utilizem palavras e expressões que possam ofender os demais. Obrigada.