quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Resenha - Recomeço

Caros amigos e leitores!

Bom dia! E mais uma quinta-feira, dia de mais uma resenha!

O livro de hoje é o "Recomeço", da Editora Intrínseca. Vocês conhecem?

O que diz o Skoob:

Tudo começou com um acidente de ônibus. Daisy Appleby era pequena demais para lembrar — tem apenas flashes do acidente que a matou, e de ter sido trazida de volta à vida. A partir daquele momento, ela se tornou uma das catorze crianças que fazem parte de um programa secreto do governo que visa aprovar um novo medicamento: o Recomeço.

Daisy já morreu algumas vezes, e a cada morte ela recebe um novo sobrenome, vai para uma nova cidade e ganha uma nova história. A única constante em sua vida é a própria inconstância. Ao conhecer Matt e Audrey, seus primeiros amigos de verdade, após sua quinta morte, ela tenta criar raízes em mais um lar e começa a descobrir segredos sobre o programa Recomeço. Quanto mais informações vêm à tona, mais Daisy percebe que não passa de um peão em um jogo sinistro, que pode revelar que seu mundo — e tudo no ela que acredita — é uma grande mentira.


Minhas impressões:


Sinto sono só de olhar para essas capas, mas a leitura deles não permite que você durma!
Ganhei esse livro da Mari. Ela sempre me dá livros e isso me deixa feliz! Obrigado, minha flor!
Não pude ir na Bienal do Livro esse ano e para que eu não ficasse triste, ela me alegrou e me deu esse livro da autora Cat Patrick.


Como vocês puderam acompanhar, no início desse mês foi publicado aqui no blog a resenha de "Deslembrança", primeiro livro da autora. Para quem não lembra ou quer ver de novo, basta clicar aqui.


"Recomeço" não é continuação do primeiro livro dela. É outra história, novos personagens, mas parece que a autora gostou da fórmula teen + ficção + suspense, que tanto agradou no primeiro livro. 

Essa receita agradou pela primeira vez, na segunda já conseguimos notar que o sabor é o mesmo. Porém, se alguém começar a comer demais a mesma comida, acaba enjoando! É o mesmo caso aqui.

Para começar, o livro mostra a parte teen. Daisy Appleby tem quinze anos e vai fazer 16 em poucos meses. Só que ela não é uma adolescente comum. Ela já morreu quatro vezes. E agora vive monitorada por agentes secretos do governo. É que uma empresa ligada ao governo descobriu como "burlar" a morte e tal remédio traz a pessoa de volta a vida. E o nome do programa é justamente "Recomeço", o nome do livro. É essa a parte fictícia. 
Ao abrir o livro, deparamos com a arte na primeira página.
Ela morreu pela primeira vez num acidente de ônibus que matou 21 pessoas, dentre elas, Daisy, que tinha ficado órfã; Com o remédio, renasceu e precisou mudar de sobrenome e de vida, para que a população não desconfiasse de seu retorno, já que ainda o remédio era experimental. Desde essa época, enquanto todos pensavam que ela tinha morrido, ela vivia forte e saudável, só que em outra localidade e com outro nome.

Quando o livro começa, Daisy é atacada por abelhas e como era alérgica a esses insetos, acaba morrendo pela quinta vez. Os agentes federais que vivem com ela e fazem o papel de pais dela, Maison e Cassie a salvam e a ressuscitam e eles são obrigados a mudar de cidade e de sobrenome, para não serem descobertos.

Não é mostrado no livro as outras vezes em que a adolescente morre. Apenas ficamos sabendo das vezes em que isso ocorre. É uma pena. Seria interessante ver como ela descreve uma cena de morte, mesmo que não seja definitivo.

Na nova cidade a adolescente se ambienta facilmente e conhece os irmãos Matt e Audrey na escola. Logo a aproximação dos três se torna intensa e ela fica muito amiga de Audrey e bastante próxima de Matt, ao ponto de começar um romance com ele. Logo os dois engatam um namoro cujas descrições da autora são bastante delicada em algumas partes. Mas o personagem Matt se mostra meio rude às vezes e você se confunde na trama ao saber se ele é bom ou ruim.

Matt e Audrey não sabem que Daisy faz parte de um programa experimental do governo e sequer desconfiam que Maison não é pai da protagonista e Cassie não é a mãe jovem e bonita de Daisy. 

Contracapa
Sobre esses personagens, é possível dizer que qualquer um gosta facilmente do agente Maison. Ele parece cuidar realmente de Daisy desde o início do livro, muito embora suas funções devam vir em primeiro lugar. O senso de família dele é tão forte que não consegui imaginá-lo como um agente secreto em nenhum momento em que li o livro. Sempre o vi como pai de Daisy. Isso é fruto de como a autora conduziu o personagem, que se mostra paternal demais em algumas passagens. Como descrição física, a amiga de Daisy, Audrey comenta em algumas partes que ele se assemelha ao ator George Clooney.

O mesmo não se pode falar de Cassie, que para todos é a mãe da adolescente. Em todas as passagens em que Cassie aparece, ela se mostra indolente, fria, apática, indiferente a tudo e principalmente a personagem principal. É absolutamente impossível sentir alguma simpatia por essa personagem.

Voltando a história, depois disso tudo tem a parte de suspense, já que Daisy começa a descobrir informações secretas do programa Recomeço, depois de fuçar o computador com informações secretas. Assim, passa a ser perseguida por um desconhecido, ficando a mercê justamente do chefe do programa Recomeço, um cara que apenas é conhecido pelo apelido: Deus. Achei a escolha do nome um tanto forçada. Mesmo que seja numa obra de ficção, comparar Deus com um maníaco é meio despropositado. Ponto negativo para a autora.

Ponto positivo para a linguagem simples e fácil, que faz fluir bem a história, bem como pelos capítulos curtos, que não te atrapalham na hora de ler a obra. Não tem coisa mais chata do que capítulos intermináveis. Acho que a quebra na história é importante para não dispersar o leitor.
A autora na orelha traseira do livro. Ela é realmente Cat! Péssima essa, eu sei!
Mesmo não tratando de finais de livros aqui para atender a política do blog de evitar soltar spoilers é preciso dizer que o final é bem bolado e o jeito como Cat Patrick trata a trama revela a sua perspicácia. Vale a pena ler.

Se vocês já leram, contem para mim o que acharam!

Até semana que vem com mais resenhas!









Dados do livro

Nome: Recomeço
Autora: Cat Patrick
Editora: Intrínseca
Páginas: 304




9 comentários:

  1. Oi Marcos! Eu não tinha escutado sobre a autora e nem de seus livros, realmente não sei se já li a resenha e não me lembro agora =/ Mas, apesar de não lembrar gostei bastante da história e das características que você deu sobre o livro. Gostei bastante e pretendo ler!

    ResponderExcluir
  2. Marcos, havia lido uma resenha sobre o livro, mas nada que me interessasse muito, pois focava apenas na estória de Daisy e Matt. Então, só agora pude perceber o verdadeiro encanto desta obra, a estória do verdadeiro recomeço, as várias vidas e identidades de Daisy. A escrita da autora unida a construção dos personagens fora de imensa surpresa. Gostei!

    ResponderExcluir
  3. Já conhecia esses livros dessa autora, e sempre os vejo em promoção nos sites e tenho vontade de comprar mas sempre que leio as resenhas fico meio indecisa, vou ler o primeiro livro dela, se eu gostar leio os outros.
    Gostei da resenha.

    ResponderExcluir
  4. Olá!!
    Não conhecia esse livro, achei o enredo bem interessante e envolvente. Não deve ser fácil ter que recomeçar tantas vezes.
    Abraço e sucesso!!

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia esse livro. Mas a história parece bem original e inteligente. Aliás, ótima resenha!

    ResponderExcluir
  6. Sua resenha está muito boa, não lembro se já li algo sobre esses livros, mas lendo sua resenha acredito que irei gostar da história, por esse motivo pretendo ler.

    ResponderExcluir
  7. Oi Marcos, tudo bem? Adoro ver os autores nas orelhas *-* Amei a capa dos dois livros e as histórias parecem de tirar o fôlego. Não custa dar uma segunda, terceira ou quarta olhada né? Bjs

    ResponderExcluir
  8. Esse livro me lembra algum que eu já li algum tempo atrás, porém não me recordo qual. Achei a história um pouco desanimadora, mas deve ser porque achei famliar

    ResponderExcluir
  9. Cara! Lembro quando li a resenha deste livro pela primeira vez, eu fiquei mega encantada e adorei! E ainda sinto o mesmo, porém não fazia ideia de que eram da mesma autora. Eu fico me imaginando morrer várias vezes e ter vários recomeço, séria estranho.

    ResponderExcluir

Amigos leitores, sintam-se a vontade para comentar o post. Peço que, por favor, ao tecerem os comentários, não utilizem palavras e expressões que possam ofender os demais. Obrigada.