domingo, 7 de junho de 2015

Resenha - Morada das Lembranças

Oi gente, tudo bem?
 
A Débora, do blog La Oliphant, me convidou para participar do booktour do livro Morada das Lembranças e eu não pude deixar de aceitar o convite, já que eu estava muito curiosa a respeito do livro.
 
Semana retrasada chegou por aqui uma caixa com o livro, catálogos da Editora Biruta, marcadores e um mimo para cada participante, que eu não vou contar o que é para não estragar a surpresa dos próximos colegas blogueiros.
 
Preciso dizer que o livro superou as minhas expectativas! Vem comigo conhecer a história!
 
O que diz a contracapa:
 
 
 
 
"Através dos olhos de uma menina, o leitor acompanha a trajetória de sua família que, em meio à Revolução Russa de 1917, viu‑se obrigada a deixar para trás tudo o que conhecia e a empreender uma audaciosa e perigosa fuga rumo a um destino totalmente desconhecido. Com novas vidas e identidades, vê-se despertada pelas inúmeras perguntas que permanecem sem resposta. Mas, essa é a chave da morada. Não ter as respostas lhe permite seguir em frente e abrir todas as portas."
 
*sinopse retirada da página do livro no Skoob
 
 
 
 
O que eu achei:
 
Comecei a ficar intrigada com a história logo na capa. Normalmente conseguimos entender o que esperar de uma história por alguns elementos constantes na capa. Mas essa era diferente, tão abstrata e nada previsível. Me ganhou!
 
Em Morada das Lembranças acompanhamos a fuga de uma menina, sua mãe e seu irmãozinho do país natal, a Rússia. Em meio à Revolução Russa e com a morte do pai, Maria (como ficou conhecida quando chegou ao Brasil) viu a vida confortável que levava desmoronar diante dos seus olhos. Ela ainda não entendia o porque, mas precisava ser forte e acompanhar a mãe que, com a ajuda de amigos, conseguiu fugir para a Polônia e, logo depois, para o Brasil.
 
O livro todo é narrado em primeira pessoa. A rápida fuga, o frio que matava, o permanecer escondida para que ninguém visse que duas crianças estavam acompanhando a mãe (apenas uma era permitido), todos os episódios que levaram à mudança tão drástica de vida são contados através da percepção de Maria.
 
Eu, chorona assumida que sou, já comecei a derramar algumas lágrimas logo nas primeiras páginas quando Maria, no fim da vida, começa a narrar a história dos seus primeiros anos e das lembranças que tinha daquela época de mudanças.
 
Logo no início, a forma como Maria começa a contar a história, me levou a crer que ela falaria do relacionamento com sua neta. Foi nesse momento que as lágrimas começaram a rolar pois foi impossível não lembrar de minha avó, com quem eu era extremamente ligada e que já deixa saudades em meu coração desde 2009. Mas não é esse o caminho que o livro toma e eu confesso que fiquei um pouquinho decepcionada, porque ainda não li nenhum livro que fala da ligação entre avós e netos, achei que este poderia ser diferente mas a questão foi abordada bem sutilmente.
 
Independente disso, Morada das Lembranças é um livro poético. Apesar de narrado por uma criança, a forma como a personagem nos conduz para as dificuldades dos seus dias é comovente. Acompanhamos todas as mudanças e as recordações que Maria foi obrigada a guardar em um baú no seu coração: sua terra Natal, os nomes impronunciáveis que foram trocados por mais simples na chegada ao Brasil, os documentos originais da família, os pais, a religião e a vida que nunca mais seria a mesma. A narrativa não é nada infantil e é carregada de sentimentos e determinação.
 
A cada etapa da vida de Maria as letras das páginas são acompanhadas por ilustrações abstratas, como as da capa. Interpretei como as cores das lembranças, pois os tons das ilustrações mudam a cada capítulo e, a meu ver, de acordo com os sentimentos de Maria. Como eu disse, poético.
 
Indico o livro a todos e parabenizo a autora, Daniella Bauer pela sensibilidade em sua escrita. Desejo muito sucesso!
 
Espero que gostem!
 
Com carinho,
 
 
 
 
 
 
Dados do livro:
 
Nome: Morada das Lembranças
Autor: Daniella Bauer
Editora: Biruta
Páginas: 200

10 comentários:

  1. Sou a próxima a receber. Amei a resenha!! só me deixou mais ansiosa para ler.
    beijos
    http://mytinybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Nossa, esse livro deve ser lindo! Eu adoro histórias assim que começam com a pessoa bem velhinha contando sua história, parecem ser as mais bonitas. Fiquei curiosa também, deve ser mesmo muito bom.

    BJOS!
    luadeneon.com

    ResponderExcluir
  3. Mari, primeiramente muito obrigada mesmo por ter participado desse Book Tour. Acho que Morada das Lembranças tem um dos enredos mais emocionantes que eu já vi, e eu, particularmente, fico apaixonada com os trabalhos gráficos que a Biruta realiza.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi flor, não conhecia o livro ele parece emocionante.
    Sua resenha me deixou curiosa, adorei.
    Beijos

    http://itgeekgirls.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu não curto muito essa temática, livros que se passam em períodos de guerra, revoluções e afins não me atraem. Porém, a capa desse livro está linda e o enredo bem interessante!
    Darei uma chance a leitura quando puder =)
    Adorei a resenha!
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Mari! Parece ser um livro com uma história tocante, eu gosto muito dos livros que esta Editora escolhe para publicar, são joias raras.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Oláá
    Poxa, que bom que gostou do livro, a edição dele está muito bonita e tenho bastante curiosidade em ler pelos elogios que vejo por ai, foi uma ótima resenha e dica ;)

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá :}

    Que lindo, adoro Book-Tour! Fiquei bastante curiosa para ler esse livro, achei uma história bem emocionante *o* Lista de desejados já :} Parabéns pela resenha!

    Beijos
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Mari, tudo bom?
    Esse livro está na minha lista de leitura e até comentei com você sobre ele. Acho a premissa bem interessante, poética e cativante. Os livros da Biruta sempre me surpreendem e espero ser surpreendida novamente.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Eu tenho muita curiosidade de ler um livro onde a narrativa é feita por uma criança, até hoje nunca li. Mas você diz que nem é tão infantil assim, né. Eu gostei da premissa do livro, embora livros que relatam guerras não façam muito meu gênero, mas este parece abordar muito mais. Vou anotar pra ler depois.

    Beijinhos!
    Jaque - Meus Livros, Meu Mundo

    ResponderExcluir

Amigos leitores, sintam-se a vontade para comentar o post. Peço que, por favor, ao tecerem os comentários, não utilizem palavras e expressões que possam ofender os demais. Obrigada.