quarta-feira, 13 de maio de 2015

Resenha - Palavras além de mim

Olá meus amigos leitores!

Bom dia! Tudo bem?

Hoje eu trago uma resenha de um livro muito bonito da editora parceira Novaterra. É o livro chamado Palavras além de mim, do autor Jonatan Fernandes

Recebi esse livro pela dona do blog, que me enviou pelo correio, fazendo uma enorme surpresa! Como todos sabem, moramos em cidades e estados diferentes e só nos vemos nos finais de semana. 

Também não é novidade para ninguém que eu aprecio os livros Católicos da editora Novaterra e, por causa disso, a Mari iria me entregar o livro no fim de semana, quando nós iríamos nos encontrar, mas ela resolveu fazer-me uma adorável surpresa e enviou-me antecipadamente! 

Fiquei imensamente feliz quando recebi o livro em casa e já o coloquei na fila com prioridade. Outros livros ficaram para trás.

Vamos a resenha, então!

O que diz a contracapa:

Saudade, amor, amizade, família e perdão.... frutos de experiências que são, por vezes, deixados de lado.


Rapidez, realização, consumo e sucesso tomaram lugar do coração humano quando o TER se tornou mais importante.


Vamos parar um pouco? Esta obra traz à tona a experiência da percepção sobre o detalhe, fruto de cada dia! São palavras que trazem conforto, numa partilha que marca uma vida. Motivação e recomeço dependem de cada um, resultam da nossa escolha.


Vem comigo? São Palavras além de mim, que podem tornar-se palavras ALÉM DE VOCÊ!

O que eu achei:

Às vezes nos deparamos com livros fisicamente pequenos, com poucas páginas. Este, por exemplo, tem 128 páginas apenas. Só que o conteúdo é tão profundo e tão extenso que é possível dizer que o livro é grande demais. Esse é justamente um livro assim.

Leitor, não se deixe enganar pelo tamanho. O livro do autor Jonatan Fernandes pode tocar o seu coração e te fazer pensar sobre inúmeras coisas da sua vida apenas trazendo pequenas mensagens de esperança. Poucas palavras, mas que significam tanto!


Eu adoro comparações de livros com comida. Acho que são dois momentos em que o ser humano consegue algo que tanto busca. A vontade de aprender se consegue na leitura, bem como a vontade de se saciar o homem consegue nos alimentos. Então, comparo as mensagens do livro como deliciosas balas pequeninas. 

Detalhe de cada início de capítulo com um singelo desenho e as páginas decoradas nas bordas.


Balas que você consegue comer somente uma ou duas e descobre o sabor e se deixa levar pela delícia da sensação da doçura da guloseima. É a mesma coisa com o livro. Pelo menos comigo foi assim. O leitor de Palavras além de mim deve ler poucos capítulos por dia, refletindo sobre os temas propostos no livro e depois raciocinar verdadeiramente sobre como deve orientar a sua vida: aumentando a esperança, a fé e a caridade, deixando pra trás as agruras do dia-a-dia.

Em resumo, é um livro que deve ser saboreado aos poucos, para que quem o leia consiga digerir toda a profundidade das palavras do autor.

A proposta do livro é dinâmica e traz reflexões sobre temas da vida, como a dificuldade de recomeçar, a alegria da aprendizagem de conteúdo novo, o medo que impulsiona e que também nos pode travar, perdas e ganhos naturais da vida e também a ausência de pessoas queridas levadas de nós pela morte.


Tenho para mim que esse capítulo é o mais importante. Quantas vezes nos queixamos com a vida pela falta da pessoa amada? Me vi no exemplo dado neste capítulo do livro sobre aquele que vê a cadeira vazia e sente um aperto no peito. Hoje, dia 13 de maio, dia de Nossa Senhora de Fátima, faz dois anos que a minha avó materna voltou para a casa do Pai. Nesses dois anos, vi vazia por diversas vezes a cadeira em que ela se sentava para assistir aos programas de TV de que ela tanto gostava. É impressionante como a saudade chega a doer.

E vejam que maturidade espiritual o autor teve para colocar palavras tão bonitas no livro: Não se perde o que não se tem. Não somos donos de ninguém. É para o Céu que retornaremos e nos braços do nosso Criador que descansaremos. (página. 43). Palavras assim sempre reconfortam.


Imagem de Nossa Senhora sombreada entre dois capítulos.
Este livro me fez pensar sobre a vida. E é aí que reside a beleza e a grandeza dele. Para que um livro seja realmente bom, deve acrescentar algo, sempre agregar.

Palavras além de mim, além de ser um livro que agrega, igualmente é uma edição muito bem feita, tendo detalhes impressos nas beiradas de todas as páginas e bonitas fotos colocadas aleatoriamente entre alguns capítulos.

Por derradeiro, eu recomendo a todos os leitores do Cantinho!

Até a semana que vem!

Grande abraço!








Dados do livro

Nome: Palavras além de mim: Quando Deus se revela no avesso da dor
Autor: Jonatan Fernandes
Editora: Novaterra
Páginas: 128

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amigos leitores, sintam-se a vontade para comentar o post. Peço que, por favor, ao tecerem os comentários, não utilizem palavras e expressões que possam ofender os demais. Obrigada.