sábado, 23 de maio de 2015

Resenha - A Herdeira

Oi gente, tudo bem?
 
Peço mil desculpas pela ausência, é a correria de estudo de sempre! Espero que entendam!!
 
Eu estou conseguindo conciliar bem a rotina de estudos e leitura (graças aos minutos no metrô), então tenho algumas resenhas pendentes para vocês! Aos poucos elas vão aparecendo por aqui!
 
No mês de abril eu participei do Top Comentarista do blog da Bru, o Meu Mundinho Fictício e para a minha extrema alegria fui sorteada!! Estava já de olho em A Herdeira e ganhei no Top!
 
Li A Herdeira bem rapidinho! Quem é fã da série sabe o quanto vibramos com a notícia de novos livros e o quanto esperamos pela publicação! Hoje é dia de conversarmos sobre ele por aqui!
 
ATENÇÃO: CONTEM SPOILERS DOS VOLUMES ANTERIORES LOGO NA SINOPSE!!!
 
Para conferir as resenhas dos livros anteriores basta clicar no nome:
 
 
O que diz a contracapa:
A Herdeira
 
 
 
"No quarto volume da série que já vendeu mais de 500 mil exemplares no Brasil, descubra o que vem depois do “felizes para sempre”. Vinte anos atrás, America Singer participou da Seleção e conquistou o coração do príncipe Maxon. Agora chegou a vez da princesa Eadlyn, filha do casal. Prestes a conhecer os trinta e cinco pretendentes que irão disputar sua mão numa nova Seleção, ela não tem esperanças de viver um conto de fadas como o de seus pais… Mas assim que a competição começa, ela percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto parecia."
 
 
 
 
 
 
O que eu achei:
 
Como comentei acima, sou fã da série A Seleção, mas sinceramente eu não consigo explicar exatamente o porquê. Nenhum livro da série foi cinco estrelas ou favorito para mim (exceto o conto da Rainha), a América me irritou várias vezes ao longo da história (principalmente em A Elite) e a correria do último livro (A Escolha) me fez questionar o porquê nutrir um carinho pela série.
 
A verdade é que a escrita da Kiera me conquistou. Muita gente reclama que A Seleção é considerada uma distopia e que decepciona por não explorar muito esse lado, mas eu vejo a série como um romance e como eu adoro romances, curto A Seleção.
 
Nesse quarto livros acompanhamos a vida de Eadlyn, filha de Maxon e América. Por apenas 7 minutos ela é a mais velha dos 4 irmãos e, portanto, a herdeira da coroa de Illéa. Eadlyn se esforça para aprender com o pai a melhor forma de governar o país mas, apesar de os ataques rebeldes terem diminuído um pouco, ainda existem grupos de insatisfeitos com a coroa.
 
Maxon, não vendo outra saída, propõe uma nova Seleção. Para Eadlyn, que sempre imaginou governar Illea sem ninguém ao lado, só foi possível aceitar a proposta do pai depois de muito se queixar e argumentar. Ela cresceu se preparando para reinar sozinha e encontrar um marido não estava nos seus planos, quanto mais aos 18 anos.
 
Mas, feliz ou não, a nova Seleção vai acontecer. Rapazes de várias regiões se inscrevem e trinta e cinco deles são selecionados para passarem uma temporada no palácio e, quem sabe, algum conquistar o coração e a mão da princesa.
 
Foi interessante acompanhar o outro lado da seleção. Nos três primeiros livros nós vimos através dos olhos da América, uma das trinta e cinco selecionadas. Desta vez, o ponto de vista está na princesa Eadlyn, fazendo com que nós leitores possamos ver através dos olhos da coroa. 
 
Foi ótimo poder "rever" personagens queridos como Marlee, Maxon, Aspen e até América, mas bem mais maduros e agora como personagens secundários. As vezes nem pareciam aqueles que "convivemos" nos três primeiros livros.
 
Por outro lado, não consegui me conectar com os novos personagens, principalmente a princesa Eadlyn. Mandona, não se preocupa com os sentimentos dos outros e muito autoritária. Dos rapazes apenas dois selecionados chamaram a minha atenção, além de um outro personagem masculino que acabou tendo que acompanhar o grupo.
 
Ao terminar a leitura, posso dizer que A Herdeira foi o livro da série que eu menos gostei até agora. Mas, apesar disso, vou continuar ansiosa pelos próximos. Sei que é contraditório o que eu digo, mas Kiera consegue me fisgar mesmo quando a história não me cativa tanto. O final faz com que fique quase impossível não querer que a continuação seja logo publicada.
 
Alguém já leu? Se sim, curtiu ou se decepcionou um pouco como eu?
 
Espero que gostem!!
 
Com carinho,
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Dados do livro:

Nome: A Herdeira
Autor: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 392
 
 
 
 
 
 
 

9 comentários:

  1. Oi!
    Eu também gosto muito da escrita da Kiera, é realmente viciante e fácil de ler!
    Comecei a ler "A Herdeira" e gostei de ver os antigos personagens - apesar de estranhar ficar tão distante deles... Já imagino quais selecionados você está falando. E eu também não me senti tão próxima à Eadlyn. Ela realmente pensa muito só nela mesma, espero que ela melhore ao longo de sua seleção!
    Beijos,
    Deia!
    Own mine

    ResponderExcluir
  2. Oláá
    Poxa, que pena que foi o que você menos gostou e sinceramente, espero amar o livro, adoro a série e não vejo a hora de ter oportunidade comprar e ler o livro, sua resenha está ótima e adorei a capa do livro.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Ainda não tive a oportunidade de ler nenhum dos livros da série mas desde que saiu o primeiro eu fiquei com curiosidade por conta da capa estilo conto de fadas... Pelo que sempre leio sobre esses livros devem ser muito bons e sua resenha só comprova isso.

    BJOS!
    http://luadeneonblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oiiii,
    eu ainda não li essa coleção. No inicio fiquei super empolgada, mas depois vi algumas amigas dizendo que não gostaram... Acabei desanimando!
    Não é um livro que gostara de ler agora....

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  5. Quero muito ler essa série, tenho os três primeiros aqui em casa. Mas vi muitas resenhas negativas de A Herdeira, então não sei se lerei ele.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  6. Oi Mari, tudo bom?
    Esse livro é uma das minhas próximas leituras, mas não estou com tantas expectativas por causa da protagonista. Achei arriscada essa passagem de tempo e para mim a protagonista puxou a chatice da mãe e do avô.
    Eu não tenho problema com o fato da série ter mais romance do que distopia, pois a Kiera nunca focou na distopia. Eu também adoro a escrita da autora...é incrível como o texto dela consegue envolver a gente.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Ei Mari,
    Te entendo totalmente! A rainha foi o único que dei 5 na série, eu detesto a America (principalmente em A elite), achei A escolha corrido, e tudo mais. Mas amo a escrita da Kiera! Ela me prende de um jeito, que mesmo xingando os personagens até não poder mais, não consigo abandonar a série, rs
    Mas to sentindo que não vou gostar dessa princesa mimada, rs
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Mari, tudo bem?

    Que pena que esse livro não foi tão bom quanto os outros para você. Eu não li nenhum livro dessa série, pois não me interessei muito pela história.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Mari,

    nem tenho interesse em ler o livro porque, como você sabe eu desisti da série há muito tempo. Não aguento os mimimis da América. Se ela já é chata e o Maxon também, imagina a filha dos dois! Pena que você também não curtiu muito o livro.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir

Amigos leitores, sintam-se a vontade para comentar o post. Peço que, por favor, ao tecerem os comentários, não utilizem palavras e expressões que possam ofender os demais. Obrigada.