quinta-feira, 26 de março de 2015

Resenha - Star Wars - Herdeiro do império

Olá amigos do Cantinho!

Bom dia com muito sol! Parece que vivemos num mundo com dois sóis, como em Tatooine, de tão forte que está!
Hoje ainda vamos falar de Star Wars, para fecharmos a trilogia, depois de ficarmos duas quartas-feiras anteriores tratando da saga. Aliás, aprendi o que significava a palavra trilogia assistindo ao Império contra-ataca com o meu pai quando tinha 11 anos.

Mas o livro de hoje é um pouco diferente d'O caminho Jedi e o Livro dos Sith resenhados anteriormente. O escolhido de hoje é a inovadora novela "Herdeiro do império", de Timothy Zahn.

O que diz a contracapa:

Star Wars: Herdeiro do Império - O Primeiro Volume Da Consagrada Trilogia Thrawn.
Luke, Han e Leia enfrentam uma nova ameaça. Cinco anos após a destruição da Estrela da Morte, a ainda frágil República luta para restabelecer o controle político e curar as feridas deixadas pela guerra que assolou a galáxia. O Império, porém, parece não ter morrido com Darth Vader e o imperador. Habitando os confins da galáxia, o grão-almirante Thrawn, gênio militar por trás de diversas ações imperiais, ainda luta para reconquistar o poder perdido. A bordo do destroier estelar Quimera, ele descobre segredos que lhe darão a chance de destruir definitivamente o que restou da Aliança Rebelde, para assim retomar o domínio da galáxia e controlar os últimos dos Jedis. Herdeiro do Império é considerado um dos mais importantes marcos do universo expandido de STAR WARS. Desde seu lançamento, tem sido aceito pelos fãs da franquia como a verdadeira continuação da trilogia original. Além disso, a obra foi usada como base criativa para vários outros produtos da série, incluindo elementos de jogos, filmes e animações.


O que eu achei:

Não tem nada melhor do que abrir um livro novo e sentir aquele cheirinho delicioso de tinta e impressão oriundos de um livro novo. (Atire a primeira pedra aquele que não cheira o livro novo!) E ainda o cheiro é melhor em se tratando de um livro de Star Wars! E há uma delicioso perfume entre as páginas desse livro! Essa foi a minha alegria ao receber esse livro de presente da Mari pelos nossos 6 anos de namoro! Ela sabe que eu gosto de Star Wars e me surpreendeu com esse presente lindo! Obrigado, flor! Eu te amo!

Em primeiro lugar, é preciso esclarecer ao leitor que o livro em questão se trata de um romance que se passa após os eventos do filme de 1983, O retorno de Jedi. Agora, depois de a Disney anunciar que vem mais filmes da série nos próximos anos, é leviano tratar o Retorno de Jedi como o último filme. 
Entrando na velocidade da luz!
Quem sabe da história, percebeu que com a destruição da segunda Estrela da Morte e a vitória da Aliança Rebelde na batalha de Endor, o Império simplesmente ruiu, ainda mais com a morte do Imperador Palpatine e a morte do Darth Vader. Então a Aliança finalmente conseguiu se transformar na Nova República e devolver a paz e a liberdade para a galáxia. Como num grande almoço, essa é a entrada que antecede o prato principal; é saber que é nesse contexto que o livro Herdeiro do império inicia. Segundo as primeiras linhas do livro, os eventos aqui se passam depois de 5 anos da batalha de Endor.   Já é um tempo considerável depois do sexto filme e com bastante tempo passado, há muitas coisas em que o autor pôde incluir na história para que ela ficasse saborosa.

É preciso destacar que Timothy Zahn ficou com uma enorme responsabilidade nas mãos. Isso porque todo o universo de Star Wars foi criado pelo cineasta George Lucas. E depois da trilogia clássica, ele teve a incumbência de criar mais uma história para ser transformada em livro e conseguir que a nova história se coadunasse com o que foi contado nos filmes. E se coadunasse com a criação de uma outra pessoa. Convenhamos que não deve ter sido fácil, porque cada personagem tem um estilo que foi mostrado nos filmes e cada peculiaridade não poderia ser modificada numa história escrita. Mesmo sendo um fã de Star Wars, acredito que o autor deve ter precisado se conter ao narrar a criar histórias para Luke Skywalker, Han Solo e a Princesa Leia Organa.

Um destróier imperial a cada novo capítulo!
Nosso fiel leitor já deve ter percebido que diferentemente dos livros resenhados nas últimas duas semanas, o livro de hoje conta uma história com uma seqüência lógica e organizada, o que é muito bom. E feito de maneira bem didática para que o leitor possa se acostumar com o que é contado. Assim, o autor Timothy Zahn fez mais uma trilogia, dessa vez em livro. São 3 livros contando a história de como o que restou do Império tenta destruir a Nova República. E esse é apenas o primeiro livro.

Tudo começa com um novo chefe do Império Galáctico, o grão-almirante Thrawn, um alienígena de pele cor azul e de olhos assustadoramente vermelhos, que toma conta de tudo o que restou do Império e tenta fazer voltar a glória dos anos em que essa organização comandava a galáxia. Para isso, dispõe dos remanescentes do Império e arma um plano para desestabilizar a Nova República e conseguir alcançar seus objetivos. É um antagonista que ao meu ver, não serviu como um bom tempero para a trama. Já explico.

Timothy Zahn criou personagens e acabou sendo o pai do universo expandido, que é o que se convencionou a chamar tudo aquilo que foi inventado além do que foi mostrado os filmes. Assim, ele foi pai também da Mara Jade, outra personagem que dá o ar da graça (e que graça!) nesse livro Herdeiro do império e outros personagens como Afyon, Talon Karrde, o wookie Salporin, Pellaeon e tantos outros.

Thrawn: amedrontador!
Eu como fã incondicional da série já conhecia quase que a totalidade dos personagens trazidos no livro graças também a jogos de Star Wars como Rebellion e Empire at war que eu costumava jogar com o meu irmão. Assim, já fiquei familiarizado com os integrantes da história assim que virava cada página do livro e me deparava com quem já me era familiar. 

E o leitor que não conhece ou não teve nenhum contato com Star Wars, consegue ler o livro e compreender bem? A resposta para essa pergunta é positiva! Sim, você consegue se inteirar bem com a história, até porque há explicações para cada cena ou atitude dos personagens, como o porquê da emboscada sofrida pelos personagens centrais da trama em Bimisari ou porque os mineradores-toupeiras do Prince, digo,  Lando, foram roubados pelo grão almirante Thrawn. Assim,para quem é fã, ver os nomes dos planetas conhecidos como Sluis Van, Bpfassh, Kashyyyk e de personagens como Borsk Fey'lya, Ackbar, Mon Mothma é um plus a mais para a história ficar deliciosa, mas não constitui tamanho obstáculo para quem vai ter seu primeiro contato.

Como em todo filme de Star Wars, há as batalhas que são um atrativo a mais ao filme. Nesse livro, digo a mesma coisa. As cenas de batalhas narradas são muito bem descritas e o nível de detalhe citado fica no ponto, como um grande assado, que sai do forno na medida perfeita, sem estar cru e sem queimar. Assim são as batalhas tanto no espaço, quanto as terrestres na cidade do planeta Myrkr. Não consegui ler e imaginar as músicas da trilha sonora criadas por John Williams durante a leitura - uma coisa que acredito só ser possível nos filmes mesmo - mas a leitura foi bem agradável. Tanto é verdade que terminei de ler as quase 500 páginas em apenas 3 dias, lendo poucas horas por dia por ter de dividir as horas para os estudos.
Meu exemplar!
Mas como em toda refeição, há aquilo que não agrada, meus queridos. Nesse livro, o que não me agradou foram os vilões. O autor colocou dois personagens que seriam antagonistas. O primeiro foi o grão-almirante Thrawn, que parece ser muito inteligente e perceber as histórias acontecendo ao seu redor, como a mudança nas tripulações das naves Millenium Falcon e Lady Luck. Só que nenhum personagem consegue ser tão perspicaz a tal ponto e não ser enganado nunca sem que não ficasse superficial ou forçado! Seria muito mais interessante que esse novo líder do Império tivesse conhecimentos da Força e fosse um Sith, para que conseguisse sacar as saídas dos mocinhos. Repito: ninguém consegue ser tão inteligente assim e isso não foi legal. 

Outra personagem que não agrada é a bela ruiva de olhos verdes, Mara Jade, a jóia secreta do
Cosplay de Mara Jade tirado da Internet
Imperador. Se ela fosse mesmo treinada pelo Palpatine no lado sombrio, teria conseguido dar um fim na vida do Luke Skywalker bem rápido. Nessas histórias de Star Wars, quem nutre um ódio por outra pessoa nunca a ajudaria em ocasionais machucados e ferimentos e raramente mostraria comiseração, piedade e misericórdia. Mas Mara Jade demonstra isso pelo Skywalker, o que parece ser um treinamento no lado negro bem amador e, conseqüentemente, a personagem que não é fidedigna. No livro em questão, não cita nenhuma informação sobre o final dela, mas se eu não soubesse o que acontece com a Mara Jade, eu iria achar que é uma fraca.

E depois de mais de 450 páginas, vem o final da história. Nada é concluído e o leitor fica querendo desesperadamente saber o que acontecerá com a Princesa Leia, o Almirante Ackbar e com o próprio Talon Karrde. Assemelha-se com uma deliciosa sobremesa: você come e ainda fica querendo mais!

A única diferença entre a relação entre leitura e a comida é que você pode ler à vontade e não tem o perigo de engordar!

Até a semana que vem! Na próxima semana, não falarei mais de Star Wars! Eu prometo!

E como será Semana Santa, nesta coluna de resenhas será apresentado a vocês a resenha do livro A dolorosa paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, de autoria da mística freira da ordem Agostiniana Anna Katharina Emmerick, editado pelos nossos parceiros amigos da Editora Novaterra!

Até mais!

 








Dados do livro:

Nome: Star Wars - Herdeiro do império (trilogia Thrawn - livro I)
Autor: Timothy Zahn
Editora: Aleph
Páginas: 472


16 comentários:

  1. Oi Marcos, tudo bem?
    Eu lembro que adorei os filmes. Mas confesso que vi faz tempo. Um dia resolvi ver o primeiro deles novamente e me surpreendi, não lembrava mais de nada. Então, acho que ficaria um pouco perdida na leitura do livro enquanto não tiver oportunidade de rever todos os filmes. Independentemente disso, as ilustrações do livro são lindas e parece ser tão bom quanto os filmes. Tenho certeza de que irei gostar.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá, eu não gosto muito de Star Wars, a história não consegue me prender de jeito nenhum, sei o básico do básico. Mas devo concordar com a beleza do livro, o designer, a capa... Tudo feito para atrair o leitor. Acho legal como você pode ler sem ter acompanhado a série, porque eu tenho preguiça de começar, eu confesso... Mas quem sabe um dia eu dou uma chance?
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. O filme é maravilhoso e o livro também. Nossa, que delícia!
    Tem um tempinho que vi o filme, mas o enredo continua me cativando!
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Aaaah, gente! Me sinto uma ET por não saber nada de Star Wars, nunca li e nem vi aos filmes. Aff. Mas adorei esta capa, e gostei da resenha. E vou mudar esta situação, correndo para assistir ou ler. Haha

    beijinhos!

    www.livrosfilmeseencantos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Marcos, tudo bom?
    Eu não sou a maior fã de Star Wars do mundo, mas gosto muito da história, dos personagens. Com certeza eu leria esse livro pela curiosidade.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ola Marcos um dos poucos assuntos que não me chamam muito atenção é livros com temas no espaço, naves, já até tentei ler, mas não consegui. Sou uma das poucas que não gosta, sei da legião de fãs. Parabéns pela resenha. abraços

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  7. Adoro Star Wars *-* http://vihpaula.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá, Marcos.

    Eu tenho interesse na compra desse livro e a sua resenha me animou bastante. Adoro cenas de ação bem escritas sabe? Tem umas que vejo que aí que não consigo nem imaginar, a sua comparação com um assado foi muito legal. \o/ Nada de coisa crua e ruim de digerir. Espero em breve fazer essa compra e conhecer a ruiva que não lhe agrada. Sou ruiva e sei que irei curtir ela. HAHA'

    Beijos.
    Visite: Paradise Books BR // Sorteio: Romances de Época

    ResponderExcluir
  9. Oi Marcos, tudo bem?
    Eu particularmente não curto Star Wars, mas concordo que não há nada melhor que abrir e cheirar um livo novo...
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  10. Eu estou louca por essa série, *-*
    parece sensacional.
    Mas primeiro eh tenho que assistir aos filmes novamente,
    Beijos,
    May
    www.ensaiodemonomania.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oieee...

    Bom, eu nunca li nada de Star Wars, nem assisti nada... Acho que sou uma das poucas pessoas que não sabem nada sobre essa série tão famosa... Quero começar pelos filmes pois tenho tantos livros na frente desses que não sei quando poderei ler...

    Beijos
    Natana
    Colecionando Livros

    ResponderExcluir
  12. Oi ^^
    Acredita que eu nunca ASSISTI Star Wars? heheh
    Sei que parece estranho, mas realmente não vi. Acho que diversos fatores acabaram me afastando do contato com a história, mas com certeza eu tenho uma enorme curiosidade a respeito.
    Creio que provavelmente iniciarei lendo as obras, para depois me aventurar nos filmes. Tua resenha me fez recordar desta curiosidade que estava um pouco esquecida! :P

    bjs

    ResponderExcluir
  13. Oi Marcos...
    Já disse anteriormente nas suas resenhas que esse não é o meu estilo de leitura preferido e que eu sou uma "jeca" quando se trata de Star Wars.
    Adorei a sua resenha, você explica muito bem o seu ponto de vista. Parabens... mas não é o tipo de leitura que eu leria :/

    beijosss
    Mayara

    ResponderExcluir
  14. Nunca consegui gostar muito de SW. Sei que tem uma galera que ama, mas nunca me chamou atenção a ponto de querer me inteirar sobre. Apenas vejo as coisas lindas que saem sobre ela e sei que os fãs devem pirar. Se eu gostasse, com certeza iria querer tudo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Oi Marcos, parabéns pelo niver de namoro e o presentão que você ganhou.
    Achei legal saber que mesmo quem não viu os filmes consegue entender o livro. Eu já vi todos os filmes, mas já faz tempo e lembro pouco.
    Pelo que você falou, os vilões pareceram fracos mesmo, o que é uma pena
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Eu ouço muito falar sobre Star Wars, mas acredita que até hoje eu não conheço as histórias? Mas esse livro me deixou bem animada, além de ter uma capa maravilhosa, a premissa dele é realmente bem interessante e mesmo não sendo de um gênero que eu costumo ler, eu acredito que iria gostar bastante.

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir

Amigos leitores, sintam-se a vontade para comentar o post. Peço que, por favor, ao tecerem os comentários, não utilizem palavras e expressões que possam ofender os demais. Obrigada.