sábado, 8 de novembro de 2014

Resenha - Chéri à Paris

Olá, amigos! Tudo bem??
 
Ufaaa, ontem eu fiz a minha prova (aquela que eu venho falando para vocês e que me deixou um pouquinho ausente) e agora posso voltar às minhas leituras!!
 
No último post vocês conferiram o bate-papo com o Daniel Cariello (perdeu? só clicar aqui) e hoje é dia de conhecer um pouco melhor Chèri à Paris.
 
Não canso de repetir que conhecer Paris é um sonho (quem sabe repetindo ele se realiza...rsss) e o livro me chamou atenção desde o primeiro momento!
 
Vem comigo conhecer um pouco das aventuras de um brasileiro na terra do fromage!

O que diz a contracapa:

Chéri à Paris"Caro leitor, prepare-se para uma bomba: não há pão francês na França. Dói dizer, mas é verdade. No país dos 500 tipos de queijo e centenas de variedades de vinho, você não vai encontrar o pãozinho que, desde sempre, nos é vendido por aqui como uma especialidade da terra de Napoleão.

No entanto, há passeatas para todos os gostos. Escolha a sua preferida e vá às ruas! Ou, então, crie seus slogans e cartazes, junte os amigos e comece um movimento. Na França, o importante é marcar sua posição, seja ela qual for.

E esse ser curioso, que é o francês, ele faz mesmo biquinho pra falar? Come carne de cavalo? O quê, não tem pão francês na França? Nem porteiro em Paris? Como é que se diz "toca Raul!" no idioma de Molière?

Muitas perguntas, poucas respostas e incontáveis descobertas em 48 crônicas sobre a vida de um brasileiro em Paris, escritas nos 5 anos em que o autor - cronista da revista Veja Brasília - morou na capital francesa."
 
O que eu achei:
 
Chéri à Paris é o primeiro livro de crônicas que eu leio, confesso. Eu tenho o costume de ler romances, histórias com vários personagens e um enredo com início, meio e fim.
 
Mas, Chéri à Paris foi, para mim, uma agradável surpresa! Não imaginei que gostaria tanto assim de crônicas e eu não só adorei como morri de vontade de escrever também. Estou até com planos de publicar algumas pequenas histórias aqui no blog, o dia a dia contato de forma divertida. Foi exatamente esse sentimento que o livro do Daniel causou em mim, vontade de escrever.
 
Iniciei a leitura super animada para acompanhar a trajetória de um brasileiro lá em Paris, respirar um pouco a atmosfera parisiense, mesmo que através dos olhos de outra pessoa.
 
Por mais que o livro seja de várias pequenas histórias e não um romance, eu pude sentir uma certa continuidade entre as crônicas. Consegui me identificar e me conectar com o personagem, com o Chéri, como o próprio autor diz.
 
A cada crônica acompanhamos situações do dia a dia do personagem principal na capital francesa. As particularidades do idioma, a falta de pão francês (como assim não tem pão francês na França?), os vizinhos, a sala de aula e eu adorei cada uma das crônicas.
 
Não posso deixar de citar a minha preferida, "Alô, Hugo". Eu achei essa crônica genial, ri de dar gargalhada sozinha no meu quarto até o meu irmão vir perguntar se estava tudo bem. Vendo que eu estava rindo de algo que li ele logo manifestou desejo em ler o livro também. Não resisti, a cada crônica ou parte engraçada eu me levantava e ia até ele ler a tal parte em voz alta, até enfim ele se irritar e falar "Eu vou ler depois, ou você prefere ler o livro todo para mim em voz alta?". Hahahahaha! Foi só eu terminar a leitura que ele já correu para ler também.
A verdade é que eu me diverti bastante durante a leitura e queria compartilhar logo com alguém. Adoro quando um livro me fisga assim, fico querendo que todo mundo leia!
 
A edição do livro está linda, com ilustrações em preto e branco entre algumas crônicas que me encantaram e deram um charme a mais para a leitura.
 
 
 
 
Acho incrível a capacidade de contar acontecimentos do dia a dia de forma divertida. O livro é leve, gostoso de ler, divertido e, de quebra, a gente ainda aprende um pouquinho da cultura francesa.
 
No final, pude perceber que o livro, diferente do que eu esperava, possuía sim um enredo com início, meio e fim. Um enredo que conta de forma engraça situações da vida de um brasileiro que poderia ser eu ou você.
 
Quero mais crônicas. Quero mais Paris!
 
 
 
 
Para conhecer um pouco melhor o autor, o selo Longe e saber como adquirir o livro, não deixe de acessar o site www.cheriaparis.com.br 
 
Com carinho,
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Dados do livro

Nome: Chéri à Paris
Autor: Daniel Cariello
Editora: Longe
Páginas: 158
 
 
 

14 comentários:

  1. Esse livro realmente deve ser sensacional, também nunca li algum livro de crônicas, mais esse parece ser muito bom.

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha! Não conhecia o livro, mas depois dessa resenha fiquei com muita vontade de lê-lo!

    ResponderExcluir
  3. Oiiii Mari! Td bem? Quero meu marcador! kkkkk Eu simplesmente AMO crônicas, você falou que não tinha lido nenhuma, os Fala Sério da Thalita Rebouças são muito bons! E agora a Paula Pimenta tem 2 livros de crônicas já viu? Ela tbm é maravilhosa no que faz. Paris+crônicas deve ter dado uma combinação perfeita. Essa cidade é linda e um dia eu quero conhecê-la. Vou usar sua tática tbm... Vai que dá certo!
    Bjs
    folheandominhavida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que tudo! Acho que é mais um livro para minha lista.. Ana Beatriz @leitorascompulsivas

    ResponderExcluir
  5. Oi Mari,
    Esse livro entrou pra minha lista cara, deve ser muito engraçado mesmo principalmente porque é um brasileiro que escreve. Até a sua resenha me fez rir imagina lendo o livro haha amei sua resenha e estou ansiosa para ler suas crônicas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Mari, tudo bom?
    Eu gosto bastante de crônicas e fiquei interessada nesse livro. Paris realmente é um sonho e a narrativa das crônicas parecem conectar o leitor nessa "viagem".
    Achei o nome criativo!!
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. nao conhecia o livro mas gostei muito da resenha , gosto muito do seu blog, parabens e muito sucesso

    ResponderExcluir

  8. Ei, Mari! Tudo bem?
    Posso começar fazendo um elogio a você? Essa sua resenha me deu vontade de saber mais sobre esse livro. Ás vezes, eu leio uma resenha e fica muito maçante. Você conseguiu em poucas linhas contar pra gente o que você achou.
    Também não tenho costume de ler crônicas, minha paixão normalmente são os romances!
    Adorei seu relato das risadas enquanto você lia hahaha Frequentemente acontece a mesma coisa aqui em casa. Eu lendo, rindo de alguma passagem, e chega alguém no meu quarto pra descobrir o motivo da gargalhada hahah
    Bom, encerro por aqui!

    Beijos!
    IG: @ler_paraviver

    ResponderExcluir
  9. ai que lindo, vou fazer igual você repetir para ver se realiza kkk Meu sonho também ir para Paris... tenho tantos livros pra ler que não sei por onde começo kkk bjos

    ResponderExcluir
  10. Olá Mari!
    Esse livro parece ser bem legal e com certeza vai entrar para a minha lista.
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Paris sem dúvidas me parece ser um lugar dos sonhos e este livro maravilhoso é uma ótima opção para quem ainda não pode ir conhecer pessoalmente esse paraíso mais um para minha lista de aquisições obrigada pela dica 💜📖💜

    ResponderExcluir
  12. Esse livro parece ser muito bom quero ler o mais rápido o possível, pois quanto mais paris melhor. Rsrs

    ResponderExcluir
  13. Adoro esses livros que nos tiram boas gargalhadas. Curiosa pra ler esse e me divertir, bastante.

    ResponderExcluir
  14. Olá Mari...Primeiro que adorei a tua ideia de escrever contos, pois amo ler e adoraria ler algo escrito por você.Já adorei a ideia a ideia do livro pois curto crônicas ainda mais de um autor brasileiro falando de uma pais tão encantador....E melhor ainda se fizer a gente rir.Adorei!!

    ResponderExcluir

Amigos leitores, sintam-se a vontade para comentar o post. Peço que, por favor, ao tecerem os comentários, não utilizem palavras e expressões que possam ofender os demais. Obrigada.