quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Bienal do Livro - São Paulo

Oi amigos, tudo bem com vocês?
 


E aí, foram/vão na Bienal? Nós fomos! Eu já tinha perdido as esperanças de ir na Bienal do Livro esse ano e já estava em contagem regressiva para a do ano que vem, que será aqui no Rio. Maaass, como a vida nos reserva muitas supresas, o Marcos Paulo conseguiu um jeito e nós fomos no domingo, dia 24 de agosto! (Obrigada, amor!)
Vamos contar para vocês as nossas impressões. Aviso que esse post pode ficar um pouco longo...rsss! Resolvemos escrever um post duplo, assim vocês terão duas visões de um mesmo evento. Depois queremos saber o que vocês acharam também! Nos contem nos comentários!!
Por Mari:

Saímos de Cruzeiro/SP (cidade do Marcos) as 6h da manhã. Fomos de excursão com um ônibus cheio de leitores e uma equipe animada e eficiente. Eu estava tão feliz de ir a Bienal (como contei ali em cima, já tinha perdido as esperanças), que fiquei falando na cabeça do Marcos Paulo a viagem toda (coitado, nem conseguiu dormir..rsss), tirando foto do ingresso para postar no instagram e mandando mensagens no celular para as minhas amigas blogueiras que finalmente eu iria encontrar.
Chegamos lá um pouco depois das 9h e a fila para entrar já estava quilométrica (mesmo para quem já tinha ingresso). O calor estava de matar e o sol estava fritando a todos nós. Mas, eu estava na Bienal, estava feliz, reclamei um pouquinho do sol...mas ok!
                                            

Os portões foram abertos um pouco antes das 10 horas, mas a fila estava tão grande e tão desorganizada que ficamos bons minutos sem dar um passo. Muita gente cortando fila e só duas pessoas tentando controlar a entrada.
 

Depois de muito custo, conseguimos entrar. Fomos correndo para o auditório Júlio Cortázar, onde iria acontecer o Encontro de Blogueiros da Editora Companhia das Letras, Paralela e Seguinte. Encontrei minhas amigas na porta do auditório e foi uma felicidade só. Nós temos uma família literária e conversamos todos os dias (e o dia todo), mas ainda não conhecia todos pessoalmente. A Dani (Livros, a Janela da Imaginação) e a Raquel (Por uma Boa Leitura) moram aqui no Rio também e nos encontramos com mais frequencia. Mas a Dressa (Livros e Chocolate Quente), Patty (Coração de Tinta) e Bruna (Meu Mundinho Fictício) eu nunca tinha encontrado pessoalmente e foi MARAVILHOSO poder vê-las!


 
Mimos que ganhei das amigas!


Blogueiros do Encontro


O encontro foi bem legal. A equipe da editora nos apresentou os lançamentos deste ano e também um pouco do que está por vir no ano de 2015. Todos muito simpáticos, trataram os blogueiros que lá estavam com muito carinho e no final recebemos um kit com marcadores, uma bolsa, lápis e um livro.
 
Ao sair do Encontro e tentar passear pela Bienal que começou a dor de cabeça. Não tinha espaço para tanta gente! Levei uma mala de rodinhas que o Marcos Paulo ficou carregando para mim (mais uma vez, obrigada amor!!) com a maior dificuldade entre as pessoas.
As grandes editoras foram colocadas bem perto, o que causou muito tumulto nos corredores. Não consegui entrar em um estande sequer tranquilamente. Para tudo era preciso passar por fila: entrar no estande, falar com autores, pagar, olhar os livros, tentar comer, ir no banheiro...tudo!). Do estande da Intrínseca (um dos mais esperados por mim, por causa dos preços convidativos) não senti nem cheiro...era impossível, deixei pra lá.
 
 
Depois de muito custo, consegui os autógrafos das queridas autoras nacionais e logo vou postar as fotos para vocês verem. Todas foram muito simpáticas comigo e a Graciela Mayrink  e a Samanta Holtz (extremamente simpáticas) me deram marcadores para sortear para vocês!








 
                                                  


                                                                                                                      
 



 
Cassandra Clare estava lá, então aquela gritaria dos fãs ecoava pelo pavilhão. Confesso aqui que nunca li nada dela, então não enfrentei a fila para tentar senha (que deve ter sido bem tenso).





Não conseguimos comprar nada para comer (ainda bem que tinha biscoito na bolsa), água e refrigerante estavam muito caros, comemos sentados no chão em um cantinho.
 

Comprei um único livro (Quero ser Beth Levitt - Samanta Holtz) e ganhei um da Editora Seguinte (Mentirosos) que já comecei a ler. Estava impossível olhar livro com calma para comprar. Da minha wishlist (que não estava muito pequena) voltei com apenas um livro e alguns marcadores para casa.



No final da tarde eu já estava querendo ir embora, frustrada porque não consegui entrar direito nos estandes e cansada. Mas, depois de chegar em casa e descansar, me deu vontade de voltar! Vai entender...rsss!
Pontos negativos: falta de organização, multidão, aglomeração, os livros que eu queria (e consegui chegar perto para ver o preço) estavam caros, impossível comprar algo para comer, preço da alimentação, água a afins estava exorbitante.
 
Pontos positivos: Curti a companhia do meu namorado, vi as minhas amigas blogueiras, encontrei uma amiga da época de faculdade que também é blogueira - Ser Leitora (finalmente nos encontramos Érica!!), peguei autógrafos das autoras, todas sempre muito simpáticas, distribuí alguns marcadores do blog (até recebi pedido para autografar o marcador, acreditam? Obrigada pelo carinho, Luiz Henrique!). Coisas que fizeram o dia valer a pena.
 
 
Só comprei um livro, mas a Dressa levou para mim seis livros para as próximas resenhas na minha coluna do blog Livros e Chocolate Quente (aguardem) e uma medalhinha linda do Papa (que ela sabe que eu gosto muito... é ou não é extremamente atenciosa?!) Obrigada Dre!!!! E a Patty (Coração de Tinta) me deu de presente dois livros da Nora Roberts, tirados da coleção dela (olha que amor, gente!). Obrigada Patty!!! Depois mostro tudo com detalhes para vocês!
Por Marcos:


 
 
Foi um domingo totalmente diferente pra mim! Saí completamente da rotina!

A primeira mudança na rotina veio com o fato de nós termos de acordar às 5 horas da manhã! São raríssimas as vezes em que eu acordo de madrugada num domingo.

Deveríamos acordar cedo porque iríamos pegar o ônibus às 6 horas. Mas eu consegui perder a hora! Acreditam? Acordei num ímpeto às 5h30 e quase não deu tempo de ficar arrumado a tempo! A verdade é que eu demorei para pegar no sono de tanta ansiedade que eu estava sentindo e ter de acordar cedo foi um pouco difícil.

Mas conseguimos chegar a tempo e embarcamos bem. A Mari, nossa blogueira, estava tão animada e entusiasmada que foi rindo e brincando de Cruzeiro até São Paulo!

Chegamos na capital por volta de 9 horas da manhã e então o caos começou.

Vimos uma fila interminável; Na verdade, eram diversas filas e ninguém sabia informar qual fila era: se era fila para os que já tinham comprado ingresso, se era fila dos que ainda não tinham ingresso, ou ainda, se era fila para comprar ingresso. Andamos procurando um final de qualquer fila, mas desistimos. No fim das contas, paramos em um determinado trecho, na sombra e ficamos esperando os portões serem abertos para entrarmos. Depois de assistirmos muita gente furar a fila na frente dos seguranças, a fila começou a andar e saímos da sombra!

Esse foi um dos momentos tensos, pois não tinha levado protetor solar para a Bienal. O jeito, para não voltar incrivelmente torrado, foi vestir a minha blusa. Sim, eu levei uma blusa, porque o clima paulistano sempre é muito instável.

Então, naquele sol escaldante, eu estava um verdadeiro destaque! Imaginem a situação:  A única pessoa vestida com blusa preta de mangas compridas e com capuz. Vi algumas pessoas prevenidas com sombrinhas ou guarda-chuvas, mas nenhuma pessoa ali estava com blusa de frio.

Nem acreditei quando entramos no Anhembi. Foi um alívio como nunca tinha sentido antes.

Pelo menos, não me queimei e reduzi as chances de ter um câncer de pele.

Uma vez dentro da Bienal, seguimos direto pro espaço Júlio Cortázar, onde teria um encontro de blogueiros organizado pela editora Companhia das Letras e seus outros selos. A Mari e as outras amigas blogueiras estavam todas lá e o encontro foi bem light, com as expositoras apresentando as novidades literárias da editora. O encontro durou cerca de 50 minutos e no final todos os presentes ganharam uma eco-bag, um lápis, marcadores e um livro entre 3 opções para serem escolhidos.

Depois de finalizado o encontro de blogueiros, saímos e fomos visitar os estandes. Tentamos visitar, porque o Anhembi estava completamente lotado! Não conseguíamos andar direito, pois todas as pessoas estavam praticamente grudadas umas nas outras. A falta de espaço era muito incômoda.

Tenho o costume de me estressar com facilidade quando as condições não são as mais favoráveis. Achei que aquela desordem em razão do enorme número de pessoas iria me fazer ficar nervoso. Ledo engano. O clima da Bienal era tão bom, que não me estressei. Ver todos aqueles leitores reunidos em torno do prazer da leitura é algo fantástico.

Mesmo a fila para entrar nos estandes e a fila (dentro dos estandes) para passar no caixa não me tiraram a vontade de permanecer ali. Ao contrário, a experiência foi bastante positiva e me fez ter vontade de voltar ano que vem na Bienal, que será no Rio.

Eu só tinha ido uma única vez na Bienal Internacional do Livro de São Paulo. Foi no ano de 2004. Faz exatamente uma década! Na época, eu estava cursando o primeiro ano da faculdade e não me recordo muito da ocasião, pois eu não tinha o bom costume de ler muito. Então eu não gravei o evento na memória. Só me lembro que foi uma decepção. Uma amiga da minha mãe havia me dito que os livros na Bienal eram muito baratos e que eu voltaria com uma mala cheia de livros. Ao chegar lá, me deparei com os livros mais caros do que nas livrarias. Foi uma decepção e voltei sem um único livro sequer.

Por falar em mala, a nossa blogueira levou para a Bienal uma mala com rodinhas para carregar os livros que iria resenhar para a coluna do blog “Livros e Chocolate Quente” da Andressa. Durante a nossa estada na Bienal, eu me encarreguei de levar a mala da Mari. Mas com o monte de gente transitando nos corredores, foi impossível não atropelar quem quer que fosse.

Pensei que iria receber alguns xingamentos, mas todas as vezes que olhei para trás com um sorriso amarelo e um pedido de desculpas após passar por cima de algum pé com as rodinhas da mala, a pessoa retribuía com outro sorriso amarelo e dizia que não tinha problema algum. A Mari fez uma reflexão bastante inteligente sobre esse fato: “Todo mundo aqui está com o mesmo propósito, então, todos eles entendem”. Pois é, o gosto pela leitura releva qualquer coisa, até atropelamento com mala de rodinhas!

Encontrar amigos naquela imensidão do Anhembi lotado não tem preço: Eu e a Mari encontramos a Érica e o Saulo, nossos amigos do blog “Ser Leitora”. Sentamos no chão mesmo (não tinha outro lugar para sentarmos) e demos boas risadas com os “transeuntes”.

No fim da tarde, consegui tirar 2 fotos extraordinárias para quem é nerd: uma sentado no Trono de Ferro, o maravilhoso trono da série Guerra dos Tronos. Só que aquele que estava no estande da editora Leya na Bienal era de plástico... E uma foto do Darth Vader acompanhado de dois Stormtroopers que estavam em exposição no estande da Panini!



Agora já estou na expectativa para a Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro em 2015. Quem sabe a gente não se encontre lá, não é mesmo?

Amigos, desculpem pelo post um pouco maior do que o normal, mas queria contar tudo para vocês!







Espero que gostem!

Até a próxima














13 comentários:

  1. Oi Mari e Marcos adorei poder conhecer vocês pessoalmente, o passei estava lotado mas realmente valeu muito a pena!!

    As fotos ficaram ótimas e que 2015 a gente se encontre novamente:)

    Beijos e Boa Leitura afinal te entreguei vários livros kkk

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente não poderei ir na bienal de SP, mas irei na do RJ, já que é pertinho de casa. rs
    A bienal parece ter sido maravilhosa; adorei as fotos.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de agosto

    ResponderExcluir
  3. Encontrar vocês foi um dos pontos altos da minha Bienal!!! E muito, mas muito obrigada ao Marquinho por me emprestar o livro que tinha acabado de ganhar!!! Vou ler ainda em setembro, fazer a resenha e devolver, juro!! rsrsrsrs

    Beijinhos
    Adoro vocês!!
    www.serleitora.com.br

    ResponderExcluir
  4. Fora as filas e a falta de organização parece que foi tudo incrível. Vontade de estar lá :(
    As fotos estão todas lindas.
    Construindo Estante

    ResponderExcluir
  5. Uau, pelo jeito foi muito legal né, mesmo estando lotado ^-^
    Queria muito ter ido, mas não sei se teria muita paciência pra enfrentar tantas filas.

    ResponderExcluir
  6. Caramba o Marcos é da minha cidade :O Nunca vi alguem desse universo de blogs que seja daqui ou da região!
    não fui nem vou na Bienal mas to acompanhando tudo nos blogs e todo mundo reclamou da falta de organização. Mas pelo menos vocês tiveram um domingo diferente e encontraram os amigos né. beijos

    ResponderExcluir
  7. Nossaa...imagino que deve ter sido muitoo bom o seu domingooo!!!
    Parece que estava lotadooo...

    ResponderExcluir
  8. Um domingo diferente as vezes é bom !!
    Ainda mais se for para ser assim recheado de ações.
    Mesmo com todos os contratempos vocês conseguiram aproveitar bastante.
    Eu fui em um dia de semana então estava tranquilo.

    ResponderExcluir
  9. Quanta foto, fiquei toda boba. Não deu pra ir na Bienal esse ano, mas espero que possa ir ano que vem. Gentee que atenciosa a Dessa, uma medalhinha do Chiquinho e a Patty? Tirou livros da Diva Nora para te dar ^^ sinta-se especial rsrs.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  10. Oie...
    Que bom que vc conseguiu ir! Fico muito feliz!!
    Vi bastante gente reclamando da falta de organização e uma pena vc não ter conseguido fazer tudo o que queria!!
    Adorei o post duplo!!

    ResponderExcluir
  11. Oieee
    Adorei o post duplo,Mari e sua maleta de rodinhas kkk.Não fui mas pude ver todo mundo reclamando da falta de organização,principalmente na sessão de autógrafos da Cassandra.Mas o fato de conhecer suas amigas e amigos blogueiros deve ter valido a pena.Estou aguardando a próxima Bienal quem sabe eu não vá.
    bjs

    ResponderExcluir
  12. HAHAHA Adoooorei o minos ! AMEII BASTANTE o marcador do blog que fofo demais
    Acheii lindo o evento pois percebe-se pelas fotos deve que estava incrivel

    ResponderExcluir
  13. Isso tudo me dá uma saudade da Bienal do Rio 2013... e foi justamente nessa ocasião em que nos conhecemos, Mari! :D Nossa, já faz um ano aquilo tudo.

    Eu queria muito mesmo ter ido à SP, mas por conta de muita coisa para fazer e a demanda do último ano de Ensino Médio estar grande eu não consegui me organizar para visitar a Bienal de SP.

    Eu fiquei super feliz que você e outras blogueiras que se reuniram com a gente no Rio foram a São Paulo.

    Parabéns pela cobertura incrível, Mari!
    Bjs
    hollywoodemcasa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Amigos leitores, sintam-se a vontade para comentar o post. Peço que, por favor, ao tecerem os comentários, não utilizem palavras e expressões que possam ofender os demais. Obrigada.