terça-feira, 27 de agosto de 2013

Entrevista com Alice Canato

Boa tarde, leitores queridos!!!

Hoje eu estou muito muito feliz! Tenho o prazer de anunciar para vocês a primeira parceria do nosso Cantinho!!!

Tudo começou lá no instagram. Vi uma postagem dela, com fotos lindas e citações de um livro que eu ainda não conhecia. Passei a acompanhar suas postagens e a ficar cada vez mais admirada com o cuidado e com o carinho dedicado àquelas linhas. 

Quem me conhece sabe que eu tenho um sonho de escrever um livro... e quem sabe um dia o farei! Por isso, não canso de admirar as pessoas  que abrem seus corações e transmitem com maestria para as folhas de papel uma história que precisa ser contada. Admiro os escritores, admiro ainda mais os escritores brasileiros.

Por isso, Amora é um romance que eu já conquistou seu lugar no meu coração mesmo antes de conhecê-lo por inteiro (só através das citações feitas pela autora no instagram). Quando vocês conhecerem Alice Canato um pouco melhor, tenho certeza que vão compartilhar dessa minha opinião. Ver a dedicação e o zelo com que ela trata seu livro, só nos faz ter certeza que algo de muita qualidade vem por aí. 

Como eu queria muito que vocês também conhecessem um pouco do trabalho dela, procurei por Alice e perguntei se ela poderia conversar um pouco com a gente, qual foi a minha alegria, ela aceitou o convite!

Então, hoje é dia de post especial. Vamos conhecer a autora do romance Amora?



Mari: Como você descobriu que gostaria de ser escritora?

Alice: Em primeiro lugar quero lhe parabenizar pelo blog e agradecer o convite, é sempre um prazer muito grande falar de literatura. Bem, eu demorei a me aceitar como escritora; sempre tive uma imaginação muito fértil, mas sentia dificuldade em lidar com isso. Muitas vezes, os pensamentos me deixavam distraída e, de certa forma, atrapalhavam o meu cotidiano. Sempre gostei muito de ler e, às vezes, imaginava rumos diferentes para as histórias que lia; mas eu não tinha o poder de mudar um livro que já estava escrito. Então criava os meus próprios enredos e personagens; até que isso virou um hábito e as histórias começaram a crescer a ponto de não caber mais apenas na minha imaginação. Não tive escolha a não ser dar vazão às palavras e começar a escrever. Costumo dizer que escrevo porque tenho algo a dizer; algo que de outra forma não seria dito.


Mari: Quando surgiu o seu amor por livros? Lia muito na infância?

Alice: Eu acredito que o meu interesse por livros surgiu da convivência com a minha irmã Maria Eugênia, ela é alguns anos mais velha que eu e sempre gostou muito de música e literatura. Por influência dela eu cresci ouvindo a boa MPB, lendo gibis e freqüentando a biblioteca pública da cidade. A cultura, de um modo geral, é algo que se adquire e quando convivemos com pessoas que cultivam bons hábitos culturais, adquirimos naturalmente os mesmos hábitos. Tive uma infância simples e saudável, no interior de São Paulo e, entre outras coisas, gostava de ler boas histórias.


Mari: Qual é o seu livro de cabeceira?

Alice: Atualmente tenho “Cem sonetos de amor” do Pablo Neruda sempre à mão, os poemas são inspiradores. Geralmente começo a leitura pela parte central do soneto onde a poesia é mais intensa.


Mari: Quais são suas inspirações literárias?

Alice: Sou bastante eclética. Gosto muito dos clássicos nacionais como “Gabriela”, “Dom Casmurro”, “Macunaíma”, “O Cortiço”, “O Tempo e Vento”, e tantos outros que não podem deixar de ser lidos; mas gosto também de uma boa aventura como as de J.R.R. Tolkien. Atualmente os livros que mais me tocaram foram os do Carlos Ruiz Zafón, Markus Zusak e Khaled Hosseini.


Mari: Como surgiu a ideia de escrever o romance Amora?

Alice: Como eu já disse, as personagens foram surgindo na minha imaginação. Acordava no meio da noite com frases no pensamento – pequenos textos ditados, talvez, pelo meu inconsciente; o mesmo acontecia durante o dia. Eu tinha (ainda tenho) um caderno e uma caneta sempre ao meu alcance para as anotações. Isso me incomodava porque eu não podia controlar os pensamentos. Pertenço a uma família tradicionalmente católica e sempre conheci as leituras que são repetidas nas missas; certo dia, uma delas me chamou a atenção: era a parábola dos talentos. Eu percebi que aqueles pensamentos, que tanto me incomodavam, podiam ser um talento que eu estava enterrando, então resolvi investir no livro, quem conhece a parábola sabe do que eu estou falando. Não foi fácil. Eu não sabia nem por onde começar; aprendi fazendo.


Mari: Você se identifica com alguma personagem do livro?

Alice: Não me identifico com nenhuma personagem em especial. O livro é uma ficção: a história, o lugar, as personagens não são reais; mas em vários momentos, dentro daquelas páginas, reconheço um pouco de mim, especialmente o meu senso de humor e a visão que tenho do mundo.


Mari: Quais são as suas expectativas para a publicação do seu primeiro livro?

Alice: A grande expectativa de um escritor é que as pessoas leiam a história e conheçam suas personagens – é preciso compartilhar esse segredo com o mundo. O grande problema para um escritor principiante é como fazer isso. Sem o apoio de uma grande editora que distribua a obra pelas livrarias do país, eu optei por uma produção independente; a princípio será uma tiragem modesta, mas espero construir uma base para uma segunda grande edição. Os livros serão vendidos on line através das livrarias: Asabeça, Martins Fontes e Cultura.


Mari: Você já tem ideias para o próximo romance?

Alice: Bem, a minha imaginação continua fértil e certamente ainda tenho algumas histórias que pretendo contar; mas tudo tem o seu tempo e agora chegou a época de “Amora”. Num futuro próximo quero publicar um livro ilustrado de poesias. Já enviei o material escrito para o registro no EDA e tenho muitas idéias para as ilustrações, mas por enquanto é só um projeto.


Mari: Em quais redes sociais seus leitores podem te achar?

Alice: Tenho o instagram @romanceamora onde publico fotos e faço algumas citações dos meus textos, e mantenho o facebook (Alice Canato), mas confesso que não tenho muito tempo para me dedicar a isso. Na maioria das vezes, as publicações são as mesmas nos dois lugares.


Mari: Qual conselho você daria para aqueles que também têm vontade de escrever um romance?

Alice: O meu conselho é que estudem, leiam e tenham aulas de redação. Foi o que eu fiz. Quanto ao resto, não economizem nem no prazer de escrever e nem nas palavras.


E então, leitores, gostaram de conhecer Alice Canato? Para quem está ansioso como eu para ler Amora, o livro estará à venda online a partir do dia 05 de setembro nas livrarias: Asabeça, Martins Fontes e Cultura! Está chegando!!!

Prometo que assim que terminar a leitura eu venho contar para vocês!


Alice, muito obrigada pelo tempo que você disponibilizou para conversar conosco. Desejo do fundo do meu coração muito sucesso na sua caminhada e que o romance Amora alcance as estantes e os corações de muitos leitores!

Boa leitura a todos,

Mari


30 comentários:

  1. A profundidade das idéias dessa autora é surpreendente, sem mais,,,, artigo surprendente, e muuuuita sorte,ou seria competencia,?

    Grande abraço

    BR*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniele!! Muito obrigada pela visita!!

      Beijoss

      Excluir
  2. Adorei a entrevista!
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza!! Obrigada!!

      Volte mais vezes!!

      Beijos

      Excluir
  3. Mari, obrigada pelo carinho. Desejo muito sucesso para o seu blog. bjs..........Alice Canato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alice! Obrigada por conversar com a gente!!! Ansiosa com a chegada de Amora!

      Beijos

      Excluir
  4. Alice, adorei sua entrevista! Desejo sucesso à vc.
    Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cássia! Muito obrigada pela visita!!

      Beijos

      Excluir
  5. Eu conheço bem pouco Alice Canato, porém dizem que a primeira impressão é a que fica. Então posse dizer que esta mulher é muito humilde e de coração bom! Fiquei muto intrigado com esta entrevista e certamente vou adquirir um exemplar deste livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Francisco!!

      Que bom que ficou com vontade de ler Amora, eu também estou!

      Obrigada pela visita!!

      Excluir
  6. Eu gostei da entrevista e estou ansiosa para ler este
    maravilhoso livro.
    beijos .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Hélia!! Que bom que você gostou do nosso bate papo!!! Também estou ansiosa para ler Amora!

      Obrigada pela visita!!

      Beijos

      Excluir
  7. Juro que me imaginei falando essas mesmas palavras daqui a alguns anos! Alice descreve as coisas do mesmo modo como eu sinto, isso é incrível!
    Adorei! Quero ler o livro :)

    FB http://wewantdreaming.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cassy, eu também!!! Quero muito escrever um livro algum dia! É um sonho!!

      Obrigada pela visita!!

      Beijos

      Excluir
  8. Parabéns pela primeira parceria do seu blog. Tenho certeza que essa é a primeira de muitas que virão!

    Bacana a entrevista porque deu para termos uma visão geral do livro e da autora. São pessoas como ela que nos fazem querer continuar a escrever nossas histórias!

    E engraçado que há um tempo, quando eu estava no Ensino Médio, eu tinha um caderno que eu deixava perto de mim no quarto à noite para quando a inspiração viesse e eu pudesse anotar para não esquecer! Bom saber que uma escritora também fazia isso também! Não é uma idéia de jerico, então!

    E, para terminar, eu queria saber se a Alice Canato vai estar na Bienal do Livro!

    Sucesso para a dona do blog e para a autora!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!

      Realmente eu achei genial a ideia do caderno!! Vou fazer assim também!!

      Beijos

      Excluir
  9. parabéns! pelo livro, pela sua sensibilidade... pela coragem..por tudo .. estou orgulhosa de você...

    Maria Eugênia

    ResponderExcluir
  10. Mari..parabéns pelo Blog..

    Maria Eugênia


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Maria Eugênia!! Muito obrigada pelo elogio e pela visita!!

      Volte sempre!

      Beijos

      Excluir
  11. Não conhecia a autora, foi bom conhecer um pouco mais. Parabéns pela entrevista, muito boa.
    Estou seguindo seu blog para acompanhar as atualizações e sempre que puder fazer uma visita.
    Abraços

    http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernando!! Muito obrigada pela visita e por seguir o blog!

      Que bom que você gostou do nosso bate papo! Deu para conhecer um pouco do que vem por aqui né?

      Abraços!!!

      Excluir
  12. sempre bom conhecer um pouco mais da pessoa que fez aquele livro que gostamos tanto ne?
    sonho em entrevista o John green kk

    Abraços.
    www.oquefaltou.com
    BR

    ResponderExcluir
  13. Adorei a entrevista, vou procurar mais sobre ela. Depois que você ler o livro dela, conta pra gente o que você achou.

    Beijos
    Lucida Gabriella

    lucidezfeminina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Amei amei amei, confesso que não conhecia o trabalho dela! Vou buscar saber mais...

    Beijos,
    http://estilonaodefinido.blogspot.com.br/

    BR

    ResponderExcluir
  15. Oie, adorei a entrevista, ainda não conhecia essa escritora. Ansiosa para ler o livro. Parabéns pelo blog!

    Beijos,

    FB
    Blog Fashion e Bella
    www.fashionebella.com.br

    ResponderExcluir
  16. Cara, que bacana, meus parabéns. É sempre muito especial quando atingimos nossos objetivos e começamos a expandir os nossos conhecimentos, valores e encargos profissionais.
    Aposto que essa será a primeira de ótimas entrevistas que lerei aqui (:

    BR
    http://blogueirosreais.blogspot.com.br/
    http://meninadepalavra.com/

    ResponderExcluir
  17. Que bacana ! Não a conhecia vou procurar saber mais sobre o trabalho dela :) Gostei muito da entrevista , ela parece ser uma pessoa incrível. Aguardando o livro
    BJ
    FB
    www.pepperbijux.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Primeiramente parabéns pela entrevista, fiquei mesmo entusiasmada a saber mais da escritora e da sua obra... Qndo conhecemos o autor de uma obra, mesmo não conhecemos a obra parece que já sabemos se vai ser bom ou não, eis que me parece muito boa a obra da Alice... E aposto que vc Mari tb será uma grande escritora, pois tens a sensibilidade de reconhecer obras... Bjinhus *BR*
    tathyiana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Amei o post!!! Lindo de mais! Bjos!!

    www.blogmakedalay.blogspot.com

    ResponderExcluir

Amigos leitores, sintam-se a vontade para comentar o post. Peço que, por favor, ao tecerem os comentários, não utilizem palavras e expressões que possam ofender os demais. Obrigada.