quarta-feira, 29 de maio de 2013

O Livro do Amanhã


Boa noite, leitores!! Espero que estejam todos bem!

Quem de vocês gostaria de encontrar um livro que, em um passe de mágica, te contasse tudo o que vai acontecer no próximo dia?

Hoje vim falar sobre outro presente de aniversário (siimmm, eu ganhei 12 livros de aniversário).

Esse presente foi muito especial e inesperado! No dia do meu aniversário eu saí de manhã para trabalhar e quando eu voltei o livro estava me esperando junto a uma rosa. Obra do meu namorado fofo (obrigada, amor!) que me ouviu falando na vontade de ler o livro e correu na livraria enquanto eu estava fora!

O Livro do Amanhã foi escrito pela irlandesa Cecelia Ahern! Muitos já devem ter ouvido falar dela depois do seu lindo best seller P.S. Eu te amo. Lembraram, né?!

Eu, como fã de carteirinha de outra escritora irlandesa - Marian Keyes - estou me tornando cada vez mais uma admiradora do trabalho da Cecelia Ahern.


O que diz a contracapa?

"Nascida no luxo, Tamara Goodwin, de 16 anos, nunca precisou olhar para o amanhã, até que a morte abrupta de seu pai deixa a ela e a sua mãe uma montanha de dívidas e as obriga a se mudarem para a casa dos tios de Tamara, em um vilarejo no interior. Solitária e entediada, a única diversão de Tamara é uma biblioteca itinerante. E ali ela encontra um livro muito misterioso.
Tamara vê inscrições com sua própria letra e datadas para o dia seguinte. Quando tudo acontece exatamente como o livro previa, ela percebe que pode ter encontrado a solução para seus problemas. No entanto, Tamara descobre que é melhor não virar algumas páginas e que, apesar de muito tentar, não pode mudar o destino."


O que eu achei?

Gostei muito! Primeiro fiquei me imaginando no lugar de Tamara. Como seria maravilhoso saber o que aconteceria amanhã. Acabaria com toda a minha ansiedade de "concurseira" se eu soubesse onde meu estudo me levaria. A vida seria muito mais tranquila, bastava estender a mão, pegar meu diário e ler o que o dia seguinte me reservava. Não seria maravilhoso? Não?

O Livro do Amanhã, narrado pela personagem principal, começa pedindo ao leitor uma mente aberta, afinal, um pouco de fantasia não faz mal a ninguém.

Tamara nos conta como sua vida era perfeita, viagens, família, dinheiro, muitos amigos, melhores escolas... e como isso acaba de repente, como num estalo de dedos.

A morte repentina de seu pai faz com que Tamara e sua mãe retornem ao vilarejo onde a mãe cresceu. Um lugar no meio do nada, sem shoppings, sem diversão, sem amigos... apenas o casal de tios e um castelo em ruínas abandonado.

Confesso que passei a me interessar muito mais pelo livro no momento em que a protagonista descobre o castelo em ruínas. Adoro castelos e o do livro estava ali, pronto para ser explorado por Tamara.

É possível ao leitor perceber todo o amadurecimento da personagem, que teve que aprender a lidar com a perda, com a morte, conviver com tios que não tinha a mínima intimidade e ver a mãe definhando e se entregando à depressão dia após dia.

Nesse ínterim, Tamara conhece um rapaz que trabalha em uma Biblioteca Itinerante. (Gente, preciso falar, que ideia genial! Isso já existe? Eu nunca tinha parado para pensar, mas a Biblioteca Itinerante leva livros aos lugares mais remotos, onde não existem livrarias ou bibliotecas. Você faz um cadastro e toda semana a Biblioteca Itinerante passa na sua casa para recolher o anterior e entregar um novo exemplar. Genial! Cultura a todos!!)

Enfim... Tamara vê na Biblioteca Itinerante seu refúgio e ali descobre um livro que pode mudar a sua vida: um diário que conta exatamente o que acontecerá no próximo dia! A menina coloca naquele diário toda sua esperança de resgatar a paz em sua família.

O enredo é cheio de reviravoltas e nós vamos descobrir que nem sempre as pessoas são o que aparentam ser. Tamara vive isso na pele e nos conta em detalhes em O Livro do Amanhã.

A estória é linda, o final é inesperado (não posso contar detalhes para vocês, né!!) e para quem me pergunta, eu indico a leitura!

Ao terminar de ler me peguei pensando na possibilidade de ter um diário desse em mãos e a conclusão que eu cheguei é que não é necessário saber o que o amanhã nos reserva para ser feliz. Vamos viver o hoje e deixar o futuro nas mãos de quem melhor cuida dele para nós: Deus. 

Espero que tenham gostado e boa leitura!

Com carinho,

Mari



Dados do livro:

Nome: O Livro do Amanhã
Autor: Cecelia Ahern 
Tradução: Alda Porto
Editora: Novo Conceito
Ano: 2013
Páginas: 367

2 comentários:

  1. Cecelia Ahern é filha do ex-Taoiseach (primeiro ministro) irlandês e estudou línguas na melhor universidade da ilha, a Trinity College. Recebeu a melhor educação e teve contato com os melhores e brilhantes autores da Irlanda: James Joyce, Jonathan Swift, Oscar Wilde e Samuel Beckett.

    Em contato com tanta gente boa, era esperado que ela se destacasse e começasse a produzir bons romances.
    O romance de estréia, intitulado "P.S. Eu te amo" estreiou e se manteve por 19 semanas consecutivas na lista dos mais vendidos do New York Times e do Irish Independent. Tamanho foi o sucesso, que em 2005 o "P.S. Eu te amo" foi adaptado e virou filme.

    Então, embalada pelo sucesso ela escreveu ainda, "As suas lembranças são minhas" e o mais recente "O livro do amanhã", que foi tratado pela Mari.

    Sobre o livro, é bom que tenhamos fantasia na nossa vida... Torna tudo menos duro e espinhoso e adoça a vida de todos nós. Quem não queria ter em mãos o livro que conta o seu futuro e que mostra tudo o que vai acontecer contigo?

    Outra questão bem tratada é a sensação de perda depois da morte do pai de Tamara e como ela sofre por ser uma menina bem criada e da noite para o dia ter que se desprender de tudo o que tem. Por fim, o livro é muito bem escrito e é recomendadíssimo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que comentário cheio de informações!!!! Muito obrigada!!!

      Excluir

Amigos leitores, sintam-se a vontade para comentar o post. Peço que, por favor, ao tecerem os comentários, não utilizem palavras e expressões que possam ofender os demais. Obrigada.